5 de jun de 2007

RECADO DE LARISSA

"Oi. Meu nome é Larissa. Estou com medo. Estou meio desorientada. Tudo se acabou.

Foi um acidente horrível, mas não senti muita coisa. Me lembro apenas da batida. Um outro carro. Eles estavam embriagados. Meninos inconseqüentes, felizes, com uma arma poderosa nas mãos. Não puderam controlar e nos acertaram. Muito pavor, muitos gritos. Tive medo da morte, mas ela até que foi suave.

Não me lembro de meus pais. Sinto falta deles, mas não consigo encontrá-los. Não sei se morreram também. Se fizeram a passagem, não fomos mandados para o mesmo lugar. Ainda sinto algumas dores, mas já fui medicada. Me disseram que estas dores não são minhas, mas são restos de sentimentos do corpo físico.

Uma caixinha de jóias. Me lembro dela e lá existe um anel de pérola simples, mas muito querido. Minha irmã o usa para estar mais próxima de mim. Tem também uma correntinha com um crucifixo que minha avó olha sempre. Toca-o como se estivesse a me tocar. Fui feliz. Tinha ou tenho, não sei ao certo, 15 anos. Acho que estávamos nos preparando para a minha festa de 15 anos. Seria tudo lindo e mágico. Tudo em tons de rosa.

Filomena, minha avó querida, eu a amo muito. Vovô, não chore mais, sempre estarei perto de vocês... de você. Vovô, quando o Senhor se senta na varanda e, olhando para o jardim, fica se perguntando “onde estará minha menina?!” Estou bem ali, tocando seu rosto, com minhas mãos nas suas...

Quero agradecer as orações que desde o início me aliviaram as dores e me confortar. Beijos vovó e vovô. A minha irmã Carolina (irmã de alma) desejo muito amor e muita paz. Que você, minha querida, siga sempre no caminho do bem. Um dia nos encontraremos. Seja feliz. Com saudade".
Assinado : Larissa
Data : Março de 2006.
Local : Sorocaba (SP)
Médium : S.A.O.G.



Veja também a psicografia "O RETORNO DE LARISSA"

3 Comentários:

Anônimo disse...

Boa Noite!!

Me chamo bruna e a exatamente vinte e oito dias perdi meu namorado, foi em um acidente de carro eu estava em casa e gravida quando recebi a noticia meu bebê ja nasceu e graças a Deus saudavel, mas gostaria muito de poder receber uma carta talvez para que eu pudesse me confortar..
bruna-0507@hotmail.com

Vera Lúcia Duarte disse...

DEI UMA OLHADA RÁPIDA EM SEU SITE E JÁ VI QUE TEM TUDO A VER COMIGO. PASSAREI A VISITÁ-LO E PEÇO LICENÇA, SE FOR O CASO, PARA EXTRAIR DADOS,
QUANDO PRECISAR, POIS ACABEI DE CRIAR UM BLOG
DESTINADO A REFLEXÃO (http://nuvemdeestrelas.blogspot.com).
Diante do seu é um pequeno grão de areia, mas o que importa é o objetivo. Vera.

Anônimo disse...

Estou muito triste hoje porque perdi uma cachorra que encontrei na rua, perdida.Nunca consegui saber quem foi o "dono"..Mas, por cuidar dela durante 4 anos aprendi a amá-la e choro não tê-la mais em casa.Agradeço pela experiência; pelas alegrias; pela companhia.Ela foi muito importante na minha vida.

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo