2 de jun de 2007

QUANTA POBREZA DE ESPÍRITO - FABRÍCIO

Eu quero
Tu queres
Ele quer...


Que maravilho se ao conjugarmos este verbo, depois dele viessem palavras como ajudar, amar, praticar a caridade.
Mas, geralmente, conjugamos no sentido de:
quero o que é de meu irmão
quero ser feliz
quero ter dinheiro

Quanta pobreza de espírito vemos, às vezes, em poucas palavras e conjugando os mesmos verbos: o amor, querer o que é bom ao próximo... Pois a partir do momento que fazemos ou queremos o bem do próximo estamos no caminho de encontrar a nossa própria felicidade.

Feliz aquele que ama para ser feliz e não espera ser amado. Tudo é conseqüência. Você dá e você tem. O Pai é generoso e ama a cada um de nós, mais ainda quando seguimos o caminho do Nosso Senhor.

‘Amai-vos uns aos outros como eu vos amei...’

Precisamos de algo mais ?
Que todos aqui tenham uma noite iluminada e cheia de muita paz e amor.
Com carinho. Um amigo.”


Assinado : Fabrício
Data : Maio de 2007.
Local : Sorocaba (SP)
Médium : S.A.O.G.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo