5 de jul de 2007

AS COMUNICAÇÕES ESPÍRITAS - I

Em razão de questionamentos de alguns novos amigos e manifestações recebidas na Comunicade Partida e Chegada e no Grupo de mesmo nome no Yahoo, vimos na obrigação de esclarecer a todos, fazendo algumas considerações imprescindíveis. Para tanto trazemos um texto que serve de reflexão. Ele é de autoria de Allan Kardec e diz o seguinte :

"Os espíritos são livres; se manifestam quando querem, a quem lhe convêm, e também quando podem, porque não têm sempre a possibilidade. Eles são estão às ordens e ao capricho de quem quer que seja, e não é dado a ninguém fazer com que venham contra sua vontade, nem fazê-los dizer o que querem calar; de sorte que ninguém pode afirmar que um Espírito qualquer virá ao seu chamado em um momento determinado, ou responderá a tal ou tal pergunta. Dizer o contrário, é provar ignorância absoluta dos princípios mais elementares do Espiritismo; só o charlatanismo tem fontes infalíveis". ("Resumo da Lei dos Fenômenos Espíritas", item 18)

Portanto, este espaço busca, ainda que de maneira precária, ser uma forma de amparo, de conforto a pessoas atingidas de alguma maneira pela dor da perda. Pois cremos que a morte nos deixa às mãos uma pedra bruta, que precisa ser lapidada, a fim de compreendermos seu sentido, avançarmos e progredirmos. A dor que dilacera, mas faz crescer. O fim que significa recomeço...

Como observado acima, temos as limitações que nos impõem as comunicações espirituais e que, embora não entendamos ou aceitemos, certamente fazem sentido no nosso plano de evolução. Digo isto porque no livro que recomendei a alguns novos amigos ("Por trás do véu de Ísis") há o relato de uma mãe que acompanha o repórter em sua investigação e que, percorrendo diversas casas, ainda assim não recebe a tão desejada mensagem do filho falecido. Mas chega uma altura que isto menos importa, pois as experiências vividas, as mensagens dirigidas a outras mães e por ela testemunhadas, bem como a reflexão do próprio sentido da vida lhe trazem o conforto que ela tanto procurava. Um conforto somente possível na Doutrina Espírita.

Por isto, recomendo comedimento na esperança de eventual comunicação. E mais : que leia as mensagens já postadas em nosso Blog, pois, por experiência própria, posso garantir que as maiores lições são transmitidas em textos que não são dirigidos a nós, mas que nos esclarecem, na experiência de outras vidas, o sentido de nossa própria existência.


Marcos Grignolli

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo