16 de jul de 2007

NÃO SOU ASSIM POR OPÇÃO - Juninho (Eugênio)

"Minhas noites não são boas, tampouco meus dias. Tenho uma cruz talvez maior do que a que posso carregar. Me sinto só e abandonado. Não sou assim por opção. Gostaria de não ser visto com tanto preconceito. Me pergunto sempre : se Deus não gosta de pessoas como eu, porque deixa que existam tantas diferenças. Se sou repulsivo por ser diferente, o que fazer para ser normal ?

Sempre fui bom, humilde, fiz caridade... Amo incondicionalmente. Por quê tenho de fugir para ser amado?! Meus pais e minha família não me aceitam. Alguns fingem aceitar mas sei que fazem isso apenas para parecerem compreensivos ou bons.

Não quero piedade! Quero ser aceito como filho de Deus, como qualquer outro. Quero que minhas diferenças não sejam vistas como promiscuidade, mas sim que me vejam como um ser humano que ama e que quer ser amado.

Nunca pedi pra ser assim e talvez tenha sido o meu erro nunca ter pensado que valho tanto quanto qualquer um. Valho menos ?! Aos olhos de Deus? Aos olhos do mundo? Se as diferenças não são aceitas, porque existem ? Não mereço ser feliz !? Posso estar realmente quitando um débito passado, mas como quitar se não me dão oportunidade de mostrar quem realmente sou ?

Sou infeliz.

Sou triste e não quero viver mais. Quero ir pra um lugar onde todos sejam iguais. Não tenho o vício de droga, do sexo ou qualquer outro, mas seria mais bem aceito se os tivesse antes de ser como sou. O preço é alto... e não sei se tenho a condição de pagar. Sinto que Deus me ama, mas sinto que o mundo me repudia.

Obrigado por me ouvirem. Agradeço a Deus pelos bons que existem.”

Assinado : Juninho (Eugênio)
Data : Julho de 2007.
Local : Sorocaba ( SP )
Médium : S.A.O.G.

13 Comentários:

Regina Lucia disse...

Oi meu amado amigo, que não o conheço mas que acaba de me proporcionar uma carga de amoção muito grande não só a mim, mas também à um irmão com quem estou compartilhando a visita em seu blog, eu aqui e ele na casa dele,
mas compartilhando.
Compartilhamos também das informações contidas aqui e da emoção de sentir seu amor pela vida, seu dicernimento, sua emoção, porque são lindas as canções, as imagens, há muita vida, luz, sabedoria e amor nesse blog. Obrigada por nos proporcionar esse momento.
Seja feliz!
Nós e Deus, o amamos.

partida e chegada disse...

Olá Regina,

As palavras que exaltam, na sempre pertinente lição de Chico Xavier, não devem trazer enlevo, soberba ou deslumbramento. Antes, trazem incentivo e senso de direção. Ânimo para continuarmos e a indicação precisa de que estamos no caminho certo.

Na vida -- pois aqui não falamos de espiritismo ou de morte, falamos de vida em seu sentido mais amplo --, temos escolhas, metas e missões. A nossa, acreditamos, é tentar informar e confortar; apazigüar o coração de quem é abatido pela dor. Não queremos impor certezas ou verdades, mas apenas dizer que há sentido e beleza na vida.

E faz parte de tal beleza encontrar novos amigos como você e teu irmão.

Um forte abraço. Marcos

Anônimo disse...

Amigo Marcos
Não entendi muito essa mensagem,
ela da a entender que quem a "dita" ainda esta encarnado.... me explique por favor...ou aqui ou no orkut(na comunidade) obrigado!

Drim Bridi

partida e chegada disse...

Olá Drim,

A digitação da referida mensagem foi feita por uma colaboradora, assim como sua postagem. Não houve, portanto, tempo para uma análise mais detida do texto. Muito a propósito, pois, tua observação. Com razão, ressalta a possibilidade do comunicante estar encarnado, evento não tão raro, mas incomum e do qual ainda não tinha conhecimento em nosso grupo.

"O que, de fato, se conhece como manifestação mediúnica do encarnado é um fenômeno em que o médium em vez de servir como 'aparelho' para que, por seu intermédio, tenhamos a comunicação de um espírito qualquer, por ele, em condições semelhantes, quem se apresenta é alguém vivendo como nós, na Terra, por algum processo de liberação do seu corpo, encontra meio, através da mediunidade desta pessoa para se comunicar com os assistentes."

O texto, realmente, indica para esta conclusão e encontra guarida em outra hipótese : a de afinidade de vibrações. Isto porque a médium psicógrafa relata ter discutido o tema da homossexualidade na mesma data, em circunstância totalmente alheia. Contudo, estava ligada à questão e, por sintonia e aguçada sensibilidade, poderia ter se conectado à uma pessoa encarnada, como se vê, profundamente perturbada pelo "problema".

Kardec aborda o assunto no Livro dos Médiuns (Capítulo XIX) e Alexej Akzacof dedica um capítulo do seu livro ("Animismus und Spiritismus") ao assunto, relatando uma série de casos.

Por conta de tua observação, Drim, voltaremos ao tema, tanto aqui quanto na comunidade.

Um forte abraço. Marcos

Regina Lucia disse...

Bom dia Marcos,
sim a beleza da vida é isso, encontrarmos amigos como você.
Não sei muita coisa, só sei falar o que sinto, e nesse momento sinto vida, porque nosso contato é tão recente,mas sinto emoção, e as informações contidas aqui no blog Partida e Chegada, são altamente importantes no sentido de confortar quem acaba de perder um ente amado e além disso, as informações de acontecimentos atuais e a harmonia e comedimento de sua parte em se pronunciar.
Tenha certeza, eu não havia ainda me interessado por blogs, tenho amigos e filha que o teem, mas nunca me interessei até que meu irmão Wagner, pensou em fazer um e naquele momento vi a comunidade e encontrei o endereço desse blog.
Vou indicá-lo para amigos, as informações aqui contidas da espiritualidade, são muito importantes e creio poder ajudar irmãos carentes de aconchego.
Fique com meu carinho.

Anônimo disse...

peço a deus todos os dias para que me de forças para superar a grande saudade que sinto do meu querido paizinho.ja tem seis meses que ele desencarnou, mais pra mim parece que foi ontem. o que me da forças e´ a fe´em deus, a esperança de receber uma mensagem dele e ler as lindas mensagens que tem no partida e chegada.que deus o abençoe marcos. bjs dause

Anônimo disse...

marcos qual e o tempo que um espirito pode mandar uma mensagem?

Helena disse...

Marcos
Parabéns pelo seu belo trabalho!
Sabe, muitas vezes "seqüestro" uma ou outra msg daqui e a envio a amigos que sinto dela necessitarem.
Que o Grande Gestor do Universo irradie Sua luz fazendo com que seu crescimento consciencial seja célere, amigo. Certamente estamos à caminho, embora saibamos que a estrada é longa...Nossa, muito ainda temos a percorrer! Todavia somos espíritos velhos, calejados e intuímos que ficamos cada vez mais próximos do que desejaríamos ser.
Mais uma vez, amigo desconhecido e, ao mesmo tempo, tão próximo, o meu "Muito obrigada" por seu trabalho de divulgação.
Um fraternal abraço,
Helena

ricoero disse...

ola Marcos,estou muito triste ,a saudade me consome a cada dia,ja fazem 6 anos do desencarne da minha querida mãezinha e não consigo rever-me sem ela ,sofro muito pela passagem dela ,mais peço a deus todos os dias para me apanrar,para que ela não sofra tanto,como eu sofro,gostaria de pedir-lhe um grande favor, se possivel uma mensagem dela .desencarnou dia 04-09-2001 nome;Elide Corteze Boeto desde ja agradeco,feliz Natal

ricoero disse...

ola Marcos,estou muito triste ,a saudade me consome a cada dia,ja fazem 6 anos do desencarne da minha querida mãezinha e não consigo rever-me sem ela ,sofro muito pela passagem dela ,mais peço a deus todos os dias para me apanrar,para que ela não sofra tanto,como eu sofro,gostaria de pedir-lhe um grande favor, se possivel uma mensagem dela .desencarnou dia 04-09-2001 nome;Elide Corteze Boeto desde ja agradeco,feliz Natal

Lais Maria Silva disse...

Queria saber de minha irmã caçula,Leila Karenina Conceição Dionizio Nascida 02/03/92 Desencarnada 30/12/08

Daqui 1 semana vai fzer 2 meses q ela se foi, e tbm ela iria fazer 17 anos conosco, Mas ela vai comemorar com o Pessoal lá de Cima.

Sinto muita falta dela,por favor ficaria muito feliz com qualquer recadinho seu.

Ass. Lais Maria Silva - Irmã 22 anos Curitiba-PR
( lais_eu@hotmail.com )

Anônimo disse...

J.J. Cavalcanti Félix 07/03/1985

//Homossexual//
Sou uma pessoa dura e afável ao mesmo tempo, tenho um amor imenso dentro de mim, mas sou cruel mtas vezes. Sinto uma mistura de emoções dentro de mim que parecem presas, ódio e amor pela humanidade em geral e irmãos que convivo, passeiam em minha mente em desordem, como se fossem o mesmo sentimento em mtos os casos. Sou mto caridoso e algoz ao mesmo tempo. Um temperamento difícil de se entender, sou amado por muitos e ao mesmo tempo odiado tmb. N bebo, n fumo, tampouco drogas.

Me sinto só, com um amor mto grande, maior do q eu dentro de mim, q n cabe no meu coração, todavia não amo ninguém, talvez algumas ilusões, mas por fim nada concreto. Um amor livre e angustioso, querendo amar sem saber o que.

Ando buscando por respostas a mtas questões as quais perturbam minha mente. Tenho um desejo imenso pela natureza, fazenda, engenhos velhos, cavalos, me emociono quando ligo meu mp3 e ao ouvir uma musica, soh me vem uma paisagem como esta na minha mente.

Me considero sobrecarregado de emoçóes, de informação, sinto a vida parada e ao mesmo tempo vejo ela passar pela minha janela.

Eu acho que no fundo eu só queria saber o que estou fazendo aqui. Quando eu tento buscar objetivos, eles me fogem às mãos. Duvido de tudo, nada me convence com facilidade, sem pesquisa aprofundada. A própria Bíblia pra mim eh a maior enganação do mundo, sem kerer generalizar ou atacar, até pq jah fui evangélico e tirei boas liçoes no tempo q segui a religião, n eh disso q estou tratando aki.

No momento eu só preciso de resposta a perguntas que tmb n sei fazer.

Um barco a deriva esperando o acender do farol em uma noite com neblina.

N sou alienado, n sou um cego, nem cético. Me acho até sobrecarregado de informação rsrs...

mas me sinto perdido esperando uma luz acender pra eu poder me guiar. São 10 anos esperando por isso, quando desde os 15 abri os olhos inexperientes pra vida.

Sinto até que a Linda Perry quando diz - "Twenty five year and my life is still, I'm trying to get up that great big hill of hope, for a destination." - essa frase é quase q universal, sei q n sou o unico a me sentir assim, mas sinto a vida me jogando coisas na cara as quais me machucam, me magoam e me deixam com mais raiva e fúria, o ódio pela vida (me referindo a situação, nada haver com suicidio) esse ódio essa raiva soh faz aumentar minha força e o mesmo sentimento soh cresce. Se é penalidade, não está resolvendo, pq a cada dia me revolto e fiko pior, um sentimento vingativo cultivando em minha mente (tmb n kero matar ninguém) ate pq sinto isso como uma força vinda de fora, não carnal talvez.... karma? vai saber......

Soh preciso de respostas. Pra mim elas parecem serem negadas.

Anônimo disse...

n sei onde foi parar meu comentário.... enviei mas n apareceu.. ele passa por uma aprovação primeiro?

J. J. Cavalcanti Félix.

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo