21 de dez de 2007

O QUE MUDA POR SER NATAL ? - Josué

“Aqui estou para falar sobre este momento; sobre esta época de Natal. Época em que todos parecem estar mais sensíveis, mais solidários, mais dispostos à doação.

O que muda por ser Natal ? Dizem que as pessoas se deixam envolver pelo espírito de Natal e por esta razão agem e sentem de modo diferente, mais humano, mais fraterno. Não seria isto hipocrisia? Não seria isso apenas uma desculpa para não fazer esse sacrifício durante e em outras épocas do ano?

Que espírito de Natal, qual nada... É talvez uma maneira de se mostrar e parecer bom. Por quê tal espírito não nos envolve outras vezes, em épocas que ninguém vai ver ou saber das nossas boas ações.

Cuidado meus caros irmãos! Aqueles que recebem o olhar da gratidão, o nome de bom homem neste mundo, talvez esteja perdendo a oportunidade do crescimento espiritual e do reconhecimento do nosso Pai. Que reconhecimento ainda terão, se já o desfrutaram aqui?!

Vamos ser solidários o tempo todo, em nossos mais íntimos sentimentos, em nossos corações, sem alarde, sem propaganda.

Nesta época corremos atrás, pedimos ajuda (coisas que poucos gostam de fazer em tempo integral), nos mobilizamos, doamos nosso tempo...

Não seria muito mais digno sentir e pensar e agir sempre assim? Será que nossos irmãos necessitam de carinho, roupas, alimento, apenas neste mês de dezembro?

Deslocamo-nos à periferia tentando ver o problema alheio, a necessidade e, depois das festas de final de a no, achamos que estamos com o dever cumprido com a tal solidariedade tão invocada nesta época.

Não estou aqui para julgá-los, mesmo porque me entristeço quando olho para trás e vejo que fui exatamente assim; quando percebo que poderia ter sido melhor e que, já aqui, teria sentido menos vergonha das minhas ações.

Ouçam-me amigos, vamos ajudar sempre. Vamos manter o coração puro e calcado na caridade. Os irmãos socorridos serão beneficiados, mas vocês serão mil vezes mais.

Que Deus esteja no coração de cada um de nós. Que nosso carinho, nossa preocupação com nossos irmãos sejam permanentes. Cristo Nosso Senhor assim o fez do dia em que nasceu até o dia em que sua tarefa chegara ao fim. E Ele espera isso de todos nós.

Um abraço fraterno. Um desejo ardente de boas festas e principalmente de calor humano no coração de vocês. Muita paz, muita luz e muita sabedoria para o crescimento.”

Assinado : Josué
Data : Dezembro de 2007.
Local : Sorocaba ( SP )
Médium : S.A.O.G.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo