13 de jan de 2008

O PERDÃO NOS LIBERTA - Gabriel (Bié)


"Querida mãezinha Jade, e papai Carlos Francisco,

"Jesus nos abençõe. Fui trazido a esta casa de oração pela equipe de jovens que trabalha aqui e posso afirmar que Deus e infinita misericordia, pois nenhum de nos fica sem auxílio, sem socorro. Especialmente o amigo LUIZ SERGIO ( amigo espiritual) muito tem me ajudado, com seu apoio e seus conselhos. Não foi facil aceitar o drama que nos atingiu e que não pudemos evitar. Prefiro acreditar que não houve culpa de ninguém, prefiro acreditar que não sabiam que a arma estava carregada. Entrego tudo nas mãos de Deus.

No momento do acontecido, houve uma grande confusão em meu cérebro. Foi como uma explosão dentro da minha cabeça. Depois, o vazio, a sensação de torpor, o enrijecimento. Não posso precisar quanto tempo fiquei em estado de sono profundo, mas conturbado. Sentia presenças em volta de mim, uma especie de agitação, porém não podia me manifestar.

Aos poucos, percebi que me encontrava em um quarto de hospital, sendo atendido por médicos e enfermeiros. A princípio julguei ainda estar no corpo físico; tudo me parecia tão familiar, estranhava apenas a ausência de vocês. Mas o meu cérebro estava muito confuso e eu apagava a toda hora. Tive sonhos com você mamãe e com você pai. Vocês me abraçavam chorando e eu não entendia porque.

A sensação de vazio ainda persistia, como se eu ficasse suspenso no ar. Foi nesta hora que me lembrei de rezar. Rezei o Pai Nosso e a Ave Maria com muita emoção, e fui me acalmando e adormeci de maneira mais tranqüila. Hoje sei que recebi tratamento em outra dimensão da vida. No início, chorava muito, não queria aceitar a realidade nova, porém os jovens da equipe de Luís Sérgio me esclareceram e já posso afirmar que estou bem.

O bisavô Xavier veio me amparar e me abraçou com carinho.

Mãe, aqui existe muita fraternidade... Agora compreendo que passamos por um resgate doloroso, certamente pedido por nos mesmos. E difícil, eu sei. A revolta ameaça o nosso equilíbrio, mas a fé em Jesus e nestas leis perfeitas, que presidem o Universo é maior. Sei, mamãe, que você está mais forte, com uma compreensão maior sobre a verdadeira vida e isto é muito importante para mim. Sei que não pareço o Gabriel de sempre, mas nestas horas é necessário amadurecer um pouquinho e procurar entender os altos objetivos da vida.

Estou sendo ajudado na escrita desta carta pelos benfeitores que me trouxeram, especialmente o Dr. Paulo de Tarso, médico desta dimensão.

Mãe , não se culpe por nada . Não deixe mais pesada a carga de nossa prova. Continue buscando a grande luz. O Carlinhos o Daniel e Rafael , precisam muito da sua alegria da sua vibração. Suas palavras e pensamentos chegam até mim e ecoam em meu coração. Serei sempre seu filhinho. Quero envolve-la com todo meu amor.

Você, papai, saiba o quanto o adoro e admiro. Talvez seja difícil aceitar a realidade desta carta, mas saiba que a vida espiritual é uma continuidade da vida física e nós temos imensa vontade de nos comunicar, afirmando a imortalidade da alma. Ficou para trás o corpo, no entato permaneço eu mesmo, com todas as minhas características. Beijo seu rosto, meu pai, e agradeço por tudo que fez por mim --- o pai de Gabriel não acredita na comunicação entre os dois planos.

Aos meus irmãos, que tanto adoro, desejo toda a realização e muita felicidade. A todos os meus amigos ecolegas, que manifestaram o seu carinho e tanto nos apoiaram: obrigado, obrigado, obrigado!! Os país dos chamados "mortos" não é sombrio... É alegre e colorido, tem muita música e vibração. Aqui há escolas e universidades, onde poderei dar continuidade aos meus estudos. Sou levado com freqüência até vocês e fico feliz de vê-los superando a dor. O perdão nos liberta e é preciso perdoar. Não guardemos sombra no coração.

Deixo muitos beijos para a vó Martha e vó Odete e também aos avô José. Afinal, é preciso agradecer muito. Mamãe, diga ao Carlinhos --- meu segundo marido --- que eu o amo muito por tudo. Recorde-me sempre sorrindo, pois meu sorriso não se apagou.

Mãezinha Jade, siga buscando as fontes da verdade e da caridade. UM DIA NOS REENCONTRAREMOS NUMA FESTA DE LUZ. Seu filho..."

Assinado : Gabriel Luiz Xavier (Bié)

Data: Junho de 2004
Local: Santos (SP), "Grupo Espírita João Cabete"
Médium: Suely F. L.

Mensagem psicografada com notas da mãe, Jade Xavier, de Valinhos (SP)

- Leia também a primeira mensagem de Gabriel -

3 Comentários:

jade disse...

EU SOU A jade mãe do gabriel,
e vai fazer cinco anos que meu filhinho foi levado de mim ,estupidamente em acidente um fatal com um tiro acidental dado por um de seus amigos...
parece bastante tempo cinco anos p/ alguns ,o suficiente p/ recuperar e seguir a vida normal.
pois queridos eu desabafo aqui agora ,''parece que foi ontem'
passar este periodo de festas de final de ano e extremamente dolorosop/ mim ..
não agoentando tanta saudade e dor acabei mais uma vez atentando contra minha propria vida , na esperança de doer menos o rasgo que tem dentro de meu peito,
FIQUEI TRES DIAS NA U.T.I
LOGO NA PRIMEIRA SEMANA DO ANO.
LEVEM ESTA CONVERSA COMO UM DESBAFO.
TENHO CONCIENCIA DE QUE NÃO ENCONTRARIA MEU FILHO SE PARTISSE ANTES DA HORA
MAS FOI UMA RECAIDA MUITO FORTE E DOLOROSA E NÃO RESISTI.
PEÇO PERDÃO A DEUS POR MAIS ESTA LOUCURA MAS ELE MAIS UMA VEZ ME POUPOU.
SINTO UM ENORME PRAZER EM COMPARTILHAR AS CARTAS DO GABRIEL COM VCS...
QUE CONSIDERO VERDADEIROS AMIGOS VIRTUAIS.
ABRAÇOS A TODOS.
JADE XAVIER

Drim Bridi disse...

Amiga Jade... Deus te poupou pq sabia que no fundo vc não desejava mesmo fazer aquilo, sertamente espiritos sem luz veem o quanto vc esta fraca e tentam te levar c eles, vc tem que rezar muito... sei o q vc quer dizer,quando fala que parece q foi ontem, perdi minha mãe a alguns meses e parece q ainda ouço sua voz ao telefone,
seu carinho... a saudade é dificil de mais de superar... mas tente!
Tenha fé q um dia vc estara novamente c ele, só não faça mais alguma bobagem, pense, fazendo isso vc estara machucando ele, fazendo c q ele se sinta culpado, não deixando ele evoluir!
Reze muito, q Deus ira abrandar seu coração!

Jaciara disse...

D.Jade, tudo bem, sou espírita, mas estou fraca, no centro, perdi minha mãe há tres meses e meio, E fiquei tão feliz em ler o acontecido. Sabe eu queria tanto merecer saber de minha mãe, sinto-me culpada, remorso, tudo, estou criando seu filhinho de seis anos com meu marido. Mas por dentro estou fraca.JACIARA AMARAL, minha mãe se chamava DIVA AMARAL.

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo