31 de jan de 2008

QUESTIONAMENTOS SOBRE DEUS - Laurinda


"Que Deus é esse que permite que seus filhos morram de fome?
Que Deus é esse que deixa seus filhos se entregarem aos vícios, aos jogos, a luxúria?
Que Deus é esse que autoriza a Mãe Natureza procriar tantas catástrofes?

Essa e outras perguntas que seguiam a mesma linha de pensamento me acompanharam por toda a vida em mais de uma encarnação.

Depois de séculos na ignorância fui chamado à Luz do Conhecimento e percebi que não somente questionei, mas também blasfemei. Recolhi-me em minha insignificância, pois quem sou eu para questionar o Criador e suas leis?

Em minha última encarnação, estive em um corpo de mulher, pois além de ser necessário para meu espírito, eu também teria que ter algumas limitações que as mulheres daquele tempo tinham. Mas mesmo no corpo feminino continuava a questionar, até apanhar de meu pai quando ameaçada de excomunhão no período do catecismo. Porém, como dizia uma famosa personalidade de meu tempo de encarnada, Pagu, “Podem calar minha boca, mas jamais calarão minha alma.” E assim continuei em meu íntimo perguntando e até mesmo negando a existência de Deus.

Até que veio o casamento e a maternidade. Aos poucos fui me transformando e quando meu pequeno nasceu tão fraco e adoentado veio o desespero e junto com ele mais uma vez a descrença. Numa noite fria e de muita chuva percebendo que aquele ser tão pequeno era o meu mundo, era a razão de tudo pra mim, roguei a Deus, a seu Filho, a sua Mãe que por certo deveria me entender naquele momento, que ajudasse meu pequeno, que ele reagisse aos medicamentos, duas horas depois a melhora veio, e o dia amanheceu ensolarado na minha vida e no meu espírito.

Passei a crer e ter fé.

Após muitos anos, veio o desencarne e na colônia em que fui recebida tive a oportunidade de estudar, de conhecer, de aprender e apreender muitas verdades. Vi quanto tempo perdido, quantas encarnações como cético, como ateu, arrogante.
Em meus estudos aprendi sobre a Lei da Atração, da Afinidade e muitas outras coisas que respondem a todas as questões que tornam o ser - humano amargo, arrogante, prepotente, insensível.
Irmãos acordem enquanto é tempo!
Deixem o sol nascer em vossas existências!"

Assinado : Laurinda (ou simplesmente mãe)

Data : Janeiro de 2008
Local : Sorocaba ( SP )
Médium : T.T.V.M.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo