23 de mar de 2008

CUIDE DO ESPÍRITO; A MORTE CHEGA SEM AVISAR

“Ah! Quanta ilusão! Quanta busca ! Quanto querer... Parece que o ser humano já nasce querendo alguma coisa. Nem sempre coisas espirituais, é verdade... E isso na maioria das vezes. Nascemos querendo TER. E ter sempre mais e sempre.

Queremos ser alguém, alguém reconhecido. Não reconhecido pelas boas ações, pela caridade, mas em sermos reconhecidos pelo sucesso. Por sermos inteligentes, ricos, poderosos. Queremos sempre ser diferentes do resto dos homens. Queremos ser especiais. Estudamos muito e achamos que fazemos grande coisa. Estudamos o quê? Evangelho? Os ensinamentos do mestre? Não! Estudamos o que pode nos acrescentar bens materiais. Estudamos para sermos profissionais bem sucedidos, admirados e invejados. Sabemos muito sobre a matéria e pouco sobre o espírito.

Depois de estudar lutamos, batalhamos e ‘corremos atrás’, como se diz. Aí dizem sobre nós: ‘que pessoa esforçada’; ‘que pessoa de raça’. Aí nos sentimos ainda melhores porque além da vontade grande de vencer, conquistamos respeito e fama... Aí estamos onde queríamos estar. Pronto! Não precisamos de mais nada. Afinal, conseguimos uma ótima casa, carros, respeito... Criamos os filhos e aí então deveríamos nos sentir realizados.

Se nunca nos preocupamos com o espírito por falta de tempo ou da correria do dia-a-dia ou dos afazeres domésticos,, chegou a hora de cuidar verdadeiramente do espírito e usar o que adquirimos para o bem do próximo. Dividir conhecimento, fazer a caridade moral e material. Não deveria ser assim?!!

Mas não é. Infelizmente não acontece assim. Porque queremos mais e mais. Uma casa só não basta, depois ou três carros também não. Precisamos ajuntar riquezas para deixar para os nossos filhos, netos e bisnetos. E quando achamos que já conseguimos o suficiente, quando isso ocorre, o tempo já acabou. E a morte chega sem avisar e sem ao menos nos dar tempo para fazer uma boa ação, mesmo que pequena. Aí, chega a hora de mostrar, de prestar contas do que fizemos... Que tristeza!

Não fizemos nada durante uma vida toda. Não ajudamos, não amamos, não nos preocupamos com o vizinho ou com o colega de trabalho.Ninguém imagina o quão decepcionante isto é. Um sentimento de vazio, de tempo perdido, de missão não cumprida. Mas o que fazer? E agora?

Bem meus irmãos, Deus em sua infinita bondade, com ternura e piedade, nos olha e nos dá uma nova chance. Acredita em nós, percebe que não fomos assim por maldade, mas por ignorância. E lá vamos nós de novo... alguns aprendem a lição. Outros voltam a jogam mais uma vida fora. Mas todos, ao final, aprenderão e seguirão os passos do Mestre Jesus. Uns demoram mais, outros menos e assim segue o espírito à procura da evolução.

Tudo isto que falei não é novidade. Então pra que repetir? Para que abramos nossos olhos e nossos corações e façamos e tenhamos tempo de voltar ao caminho certo. Vamos humildemente olhar o que temos feito e mudar, retomar o curso para que possamos alcançar o reconhecimento e crescimento do espírito. Que Deus nos ilumine a todos e nos dê forças para enfrentar os percalços que se nos impõe. Um abraço fraterno.”

Assinado : Tenório

Data : Fevereiro de 2008
Local : Sorocaba ( SP )
Médium : S.A.O.G.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo