24 de jun de 2008

MINHA VIDA: PRECISO DE RESPOSTAS E CONSOLO

Gostaria muito que me ajudasse de alguma forma. Não sei... Através de orações ou vibrações positivas ou até mesmo vendo se o que eu estou passando tem haver com alguma coisa do passado, que eu deixei pendente em outra encarnação.
Não sei, preciso de ajuda...
Estou me sentindo fraca, preciso de forças para continuar minha luta.
Há quase oito anos sofro com um câncer que realmente não me larga, não sei o que acontece. Faço todo o tratamento certo como o médico manda e aí tudo passa. Começo a viver quase normalmente, fico feliz, esqueço o sofrimento; mas, de repente, tudo volta.
O sofrimento, a dor, a tristeza de ver minha família que me ama e cuida de mim sofrer também. Principalmente minha filha, de apenas 12 anos, sofrer e cuidar de mim como se fosse minha mãe. É horrível, não sei o que fazer. Já pensei até em suicidio, mas foi logo no início. Sou uma mulher que confio muito em Deus. Ele pra mim é essencial na minha vida.
Mas paro e penso: por quê ele não me cura? Por quê ainda estou durando tanto, por quê eu agüento tanto sofrimento? São respostas que gostaria de ter... Preciso de consolo. Sei que, com certeza, tem pessoas piores que eu, mas é difícil. Gostaria tanto que me enviasse uma palavra amiga, ou alguma coisa que eu pudesse fazer pra que tudo isso passasse. Será que tem alguma pessoa desecarnada me prejudicando? Ficarei ansiosa esperando e desde já agradeço. Um grande abraço. Assinado : M.

Mensagem recebida na Comunidade Partida e Chegada

7 Comentários:

Otávio disse...

Ahei as mensagens abaixo. Talvez te ajudem. Não desista de lutar, nunca! Otávio

MORTOS VOLUNTÁRIOS

Condicionou-se a mente humana, de maneira geral, a crer que madureza
orgânica é antecâmara da inutilidade e eis muita gente a se demitir,
indebitamente, do dever que a vida lhe delegou.
Inúmeros companheiros, porque hajam alcançado aposentadoria profissional ou
pelo motivo de abraçarem garotos que lhes descendem do sangue, dizem-se no
paralelo final da carreira física.
Esquecem-se de que o fruto amadurecido é a garantia de toda a renovação da
espécie, e rojam-se, prostrados, à soleira da inércia, proclamando-se
desalentados.
Falam em crepúsculo, como se não contassem com a manhã do dia seguinte.
Começam qualquer comentário em torno dos temas palpitantes do presente, pela
frase clássica: "no meu tempo não era assim".
Enquanto isso, a vida, ao redor, é desafio incessante ao progresso e à
transformação, chamando-os ao rejuvenescimento.
Filhos lhes reclamam orientação sadia, netos lhes solicitam calor da alma,
amigos lhes pedem o concurso da experiência e os irmãos da Humanidade contam
com eles para novas jornadas evolutivas.
Bastará pensar, porém que as crianças e os jovens não acertam o passo sem os
mentores adestrados na experiência, peritos em discernimento e trabalho,
para que não menosprezem a função que lhes cabe.
Nada de esquecer que o Espírito reencarna, atravessando as fases difíceis da
infância e da juventude para alcançar a maioria fisiológica e começar a
viver do ponto de vista da responsabilidade individual.
Quanto empeço vencido e quanta ilusão atravessada para consolidar uma
reencarnação, longe das praias estreitas do berço e da meninice, a fim de
que o Espírito, viajor da eternidade, alcance o alto mar da experiência
terrestre.
Entretanto, grande número dos felizardos que chegam ao período áureo da
reflexão, com todas as possibilidades de serviço criador, estacam em suposta
incapacidade, batendo à porta do desencanto como quem se compraz na volúpia
da compaixão por si mesmos.
Trabalhemos por exterminar a praga do desânimo nos corações que atingiram a
quadra preciosa da prudência e da compreensão.
Vida é chama eterna. Todo dia é tempo de inventar, clarear e prosseguir.
Os companheiros experientes no esforço terrestre constituem a vanguarda dos
que renascem no Planeta e não a chamada "velha guarda" que a rabugice de
muitos imaginou para deprimir a melhor época da criatura reencarnada na
Terra.
Desencarnação é libertação da alma, morte é outra coisa. Morte constitui
cessação da vida, apodrecimento, bolor.
Os que desanimam de lutar e trabalhar, renovar e evoluir são os que
verdadeiramente morrem, conquanto vivos, convertendo-se em múmias de negação
e preguiça, e, ainda que a desencarnação passe, transfiguradora, por eles,
prosseguem inativos na condição de mortos voluntários que recusam viver.
Acompanhemos a marcha do Sol, que diariamente cria, transforma, experimenta,
embeleza.
Renovemo-nos.
André Luiz (Waldo Vieira)
(De "Estude e Viva", de Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira, pelos
Espíritos Emmanuel e André Luiz)

Otávio disse...

NUNCA DESFALECER
Emmanuel
“...Orar sempre e nunca desfalecer”.
(Lucas, 18:1).

Não permitas que os problemas externos, inclusive os do próprio corpo, te inabilitem para os serviço da tua iluminação.
Enquanto te encontras no plano de exercício, qual a crosta da Terra, sempre serás defrontado pela dificuldade e pela dor.
A lição dada é caminho para novas lições.
Atrás do enigma resolvido, outros enigmas aparecem.
Outra não pode ser a função da escola, senão ensinar, exercitar e aperfeiçoar.
Enche-te, pois, de calma e bom ânimo, em todas as situações.
Foste colocado entre obstáculos mil de natureza estranha, para que, vencendo inibições fora de ti, aprendas a superar as tuas limitações.
Enquanto a comunidade terrestre não se adaptar à nova luz, respirarás cercado de lágrimas inquietantes, de gestos impensados e de sentimentos escuros.
Dispõe-te a desculpar e auxiliar sempre, a fim de que não percas a gloriosa oportunidade de crescimento espiritual.
Lembra-te de todas as aflições que rodearam o espírito cristão, no mundo, desde a vinda do Senhor.
Onde está o Sinédrio que condenou o Amigo Celeste à morte?
Onde os romanos vaidosos e dominadores?
Onde os verdugos da Boa Nova nascente?
Onde os guerreiros que fizeram correr, em torno do Evangelho, rios escuros de sangue e suor?
Onde os príncipes astutos que combateram e negociaram, em nome do Renovador Crucificado?
Onde as trevas da Idade Média?
Onde os políticos e inquisidores de todos os matizes, que feriram em nome do Excelso Benfeitor?
Arrojados pelo tempo aos despenhadeiros de cinza, fortaleceram e consolidaram o pedestal de luz, em que a figura do Cristo resplandece, cada vez mais gloriosa, no governo dos séculos.
Centraliza-te no esforço de ajudar no bem comum, seguindo com a tua cruz, ao encontro da ressurreição divina. Nas surpresas constrangedoras da marcha, recorda que, antes de tudo, importa orar sempre, trabalhando, servindo, aprendendo, amando, e nunca desfalecer.

Livro Fonte Viva. Pelo Espírito Emmanuel. Psicografia Francisco C. Xavier

Otávio disse...

CAUSAS ESPIRITUAIS DAS DOENÇAS
Emmanuel
1 - O que estrutura espiritualmente o corpo de carne?
Emmanuel: O corpo espiritual ou perispírito é o corpo básico, constituído de matéria sutil, sobre o qual se organiza o corpo de carne.
2 - O erro de uma encarnação passada pode incluir na encarnação presente, predispondo o corpo físico às doenças? De que modo?
Emmanuel - A grande maioria das doenças tem a sua causa profunda na estrutura semi-material do corpo espiritual. Havendo o espírito agido erradamente, nesse ou naquele setor da experiência evolutiva, vinca o corpo espiritual com desequilíbrios ou distonias, que o predispõem à instalação de determinadas enfermidades, conforme o órgão atingido.
3 - Quais os dois aspectos da Justiça?
Emmanuel - A Justiça na Terra pune simplesmente a crueldade manifesta, cujas conseqüências transitam nas áreas do interesse público, dilapidando a vida e induzindo à criminalidade; entretanto, esse é apenas o seu aspecto exterior, porque a Justiça é sempre manifestação constante da Lei Divina, nos processos da evolução e nas atividades da consciência.
4 - Qual a relação existente entre doenças e a Justiça?
Emmanuel - No curso das enfermidades, é imperioso venhamos a examinar a Justiça, funcionando com todo o seu poder regenerativo, para sanar os males que acalentamos.
5 - O que faz o Espírito, antes de reencarnar-se visando à própria melhoria?
Emmanuel - Antes da reencarnação, nós mesmos, em plenitude de responsabilidade, analisamos os pontos vulneráveis da própria alma, advogando em nosso próprio favor a concessão dos impedimentos físicos que, em tempo certo, nos imunizem, ante a possibilidade de reincidência nos erros em que estamos incursos.
6 - Que pedem, para regenerar-se, os intelectuais que conspurcaram os tesouros da alma?
Emmanuel - Artífices do pensamento, que malversamos os patrimônios do espírito, rogam empeços cerebrais, que se façam por algum tempo alavancas coercitivas, contra as nossas tendências ao desequilíbrio intelectual.
7 - Que medidas de reabilitação rogam os artistas que corromperam a inteligência?
Emmanuel - Artistas, que intoxicamos a sensibilidade alheia com os abusos da representação viciosa, imploramos moléstias ou mutilações, que nos incapacitem para a queda em novas culpas.
8 - Que emendas solicitam os oradores e pessoas que influenciaram negativamente pela palavra?
Emmanuel - Tarefeiros da palavra, que nos prevalecemos dela para caluniar ou para ferir, solicitamos as deficiências dos aparelhos vocais e auditivos, que nos garantam a segregação providencial.
9 - Que providências retificadoras pedem para si próprios aqueles que abraçaram graves compromissos do sexo?
Emmanuel - Criaturas dotadas de harmonia orgânica, que arremessamos os valores do sexo ao terreno das paixões aviltantes, enlouquecendo corações e fomentando tragédias, suplicamos as doenças e as inibições genésicas que em nos humilhando, servem por válvulas de contenção dos nossos impulsos inferiores.
10 - Todas as enfermidades conhecidas foram solicitadas pelo Espírito do próprio enfermo, antes de renascer?
Emmanuel - Nem sempre o Espírito requisita deliberadamente determinadas enfermidades de vez que, em muitas circunstâncias quais aqueles que se verificam no suicídio ou na delinqüência, caímos, de imediato, na desagregação ou na insanidade das próprias forças, lesando o corpo espiritual, o que nos constrange a renascer no berço físico, exibindo defeitos e moléstias congênitas, em aflitivos quadros expiatórios.
11 - Quais são os casos mais comuns de doenças compulsórias, impostas pela Lei Divina?
Emmanuel - Encontramos numerosos casos de doenças compulsórias, impostas pela Lei Divina, na maioria das criaturas que trazem as provações da idiotia ou da loucura, da cegueira ou da paralisia irreversíveis, ou ainda, nas crianças-problemas, cujos corpos, irremediavelmente frustrados, durante todo o curso da reencarnação, mostram-se na condição de celas regenerativas, para a internação compulsória daqueles que fizeram jus a semelhantes recursos drásticos da Lei. Justo acrescentar que todos esses companheiros, em transitórias, mas duras dificuldades, renascem na companhia daqueles mesmos amigos e familiares de outro tempo que, um dia, se cumpliciaram com eles na prática das ações reprováveis em que delinqüiram.
12 - A mente invigilante pode instalar doenças no organismo? E o que pode provocar doenças de causas espirituais na vida diária?
Emmanuel - A mente é mais poderosa para instalar doenças e desarmonias do que todas as bactérias e vírus conhecidos. Necessário, pois, considerar igualmente, que desequilíbrios e moléstias surgem também da imprudência e do desmazelo, da revolta e da preguiça. Pessoas que se embriagam a ponto de arruinar a saúde; que esquecem a higiene até se tornarem presas de parasitas destruidores; que se encolerizam pelas menores razões, destrambelhando os próprios nervos; os que passam, todas as horas em redes e leitos, poltronas e janelas, sem coragem de vencer a ociosidade e o desânimo pela movimentação do trabalho, prejudicando a função dos órgãos do corpo físico, em razão da própria imobilidade, são criaturas que geram doenças para si mesmas, nas atitudes de hoje mesmo, sem qualquer ligação com causas anteriores de existências passadas.
13 - Qual a advertência de Jesus para que nos previnamos dos males do corpo e da alma?
Emmanuel - Assinalando as causas distantes e próximas das doenças de agora, destacamos o motivo por que os ensinamentos da Doutrina Espírita nos fazem considerar, com mais senso de gravidade, a advertência do Mestre: “Orai e vigiai, para não cairdes em tentação”.
EMMANUEL
(Do livro “Leis Do Amor”, Francisco Cândido Xavier E Waldo Vieira)
Fonte (livros digitados): Universo Espírita
Assinado : Otávio
estarqueespirita@yahoo.com.br

Beatriz G de Domenico disse...

Você conhece a apometria? Experimente esse tratamento e mude sua sintonia. O câncer é uma doença espiritual e não da matéria.Ele é a somatização de sentimentos e enquanto você não mudar alguma coisa ai dentro vai continuar sofrendo com a doença que sempre vai te lembrar que está lá.Existem sites sobre apometria,o tratamento é gratuito e pode ser feito a distãncia.
Boa sorte e muita luz pra vc.

Anônimo disse...

Olá meus amigos, esse depoimento acima é de uma pessoa que eu conheço e muito próxima de mim.
Meus irmãos venho através desse comentário pedir muitas orações para ela e para seus familiares. Hoje ela encontra-se quase sem forças para lutar contra essa doença, ela já está muito debilitada, enfraquecendo a cada dia mais. No meu ver ela já está se desligando da matéria, e uito calma quando ela passa muito mau.
Por isso peço a todos que frequentam esse blog, orações para essa irmã e sua familia que a cada dia que passa o sofrimento cresce, pelo sofrimento dessa irmã .

obrigada a todos

Vanessa Colnago disse...

Então querida, eu li seu depoimento e realmente me comovi... Acredite na força de Deus e tenha muita fé, de coração eu espero que vc consiga vencer esses obstáculos ruins que tem enfrentado e acredite q depois da tempestade a bonância. Vou orar por vc para que tenha forças e consiga superar essa doença. Nunca desista de lutar, de acreditar, e não pense e se apegue em coisas pequenas e ruins, pensamento positivo atrai coisas positivas, td que vc pensa atrai para vc, então qdo pensar na doença, pense q já estás curada, qdo estiver triste pensa nos momentos felizes de sua vida e nas coisas mais belas, nas pessoas que vc ama, e procure sempre ocupar sua cabeça, não deixe espaço para pensar em coisas ruins, negativas, procure sempre fazer alguma coisa, pois com pouco conseguimos muito e acredite, um dia td passa e a hora de todos nós um dia chega. Espero que vc fique bem e coloque na cabeça o qto já está curada e viva sua vida sem olhar para trás, sem medo e com mta segurança, um dia de cada vez e o viva tão intensamente como se fosse o último dia. Tenho certeza que vc conseguirá enfrentar essa barra e ser mto feliz. Pense... coisas boas, na cura, em soluções e nunca desista dos seus ideias e sonhos. Não lhe permita este sofrimento e nem perca seu tempo tentando justificar ou procurando uma resposta para td, infelizmente o que tem que ser a gente não pode adiar então é enfrentar e solucionar. Não pense em reencarnação e no pq está passando por isso, pois pensar niss irá resolver alguma coisa? Não... Então levanta a cabeça e diga: - EU POSSO... EU IREI CONSEGUIR... EU ESTOU CURADA... E agradeça a Deus por todas as coisas boas que ele lhe proporciona, agradeça a vida que ele lhe permitiu e siga em frente... Vc pensar assim faz de vc uma grande vencedora e tenha orgulho da sua vitória e coragem por enfrentar tantas coisas ruins em sua vida com tanta força e calma. Boa sorte, espero que possa ter lhe ajudado em alguma coisa. Abçs...

Maria Thereza Cupper disse...

Penso que você deveria ter uma atitude positiva, gratidão por ter esta doença grave e continuar lutando contra ela e vencendo...
Se abaixar tuas defesas, se desacreditar; Procure um grupo de apoio para aliviar o fardo da família, inclusive da menina tão jovem e que deve ter amadurecido precocemente. E, não te queixes, mantenhas tua positividade e quando precisar te encerre sozinha no quarto e ai fale com o Criador, desabafe com ele...Quem sabe tomar um pouco de remédio homeopático, florais...Boa sorte.

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo