30 de jul de 2008

VEJO FILHOS CHORANDO DE DESESPERO ...

Esta é a quarta postagem com trechos do livro "Fala Miguel", de Maria Helena M. Lapenda, uma obra psicografada que narra o falecimento e a trajetória, no novo plano de vida, do jovem Miguel Luiz Lapenda, assassinado aos 20 anos de idade, em setembro de 2000, vítima de assalto.

Mamãe, Gui . Não me canso de falar e quando puder, se assim puder, estarei junto de vocês, como sempre foi. Você nem imagina como eu tenho encontrado a adaptação mais depressa. Definitivamente, estava preparado para tudo. Sou feliz, muito feliz, mamãe! Eu me recordo bem, quando estava na janela lá de casa, desejando iniciar a reforma pelas paredes, minha maior reflexão agora, é a melhor reforma que venho fazendo, a de mim mesmo, junto com você, com o Gui, com a minha família.

A gente está mudando para melhor, mamãe. E isso é tão bom, nos traz tanta felicidade. Por falar nisso, meu obrigado de filho que me considero ao tio Pedro, ele é um cara muito legal, eu sempre achei isso. Sobre o papai, esqueçam. Qualquer comentário demonstra mágoa e isso não faz bem.

A gente anda numa elevação que dá gosto, não é mesmo? Gui, cara, como você é grandão! Eu admiro você, pra caramba. Sabe, olhando assim para você e ao mesmo tempo analisando tudo o que me rodeia onde estou, eu me pergunto: O que é que eu estou fazendo aqui? Esse lugar é seu. Lugar de anjo, de gente boa, de gente que só tem amor no coração, sem precisar de mais nada. Você é tão desprendido e eu tão imperfeito, estou aprendendo com você meu irmão. Mãe, não vejo a hora de me ser útil, de trabalhar. Mas ainda é cedo, tenho convicção. É que nós queremos abraçar o mundo quando chegamos aqui, sem preocupação, como é o meu caso. Tem muito jovem que chora de desespero quando vê os pais sofrendo. Eu tenho é paz na consciência, isso me dá energia. Eu quero dar um beijo especial na tia Annabel que nos acolheu, indicando o nosso caminho que já era aquele, só faltava à mão dela para nos levar. Eu estou feliz. Que Deus traga muita paz para esse lar amigo. Eu te amo, mamãe.

Assinado : Miguel Luiz Lapenda

Data : Natal de 2000.
Local : Centro Espírita: "Perseverança" - São Paulo (SP)
Médium: Marcus Vinícius Almeida Ferreira (Quito)
Para receber o livro em pdf,
peça por e-mail.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo