7 de jul de 2008

SONHOS : SENSAÇÕES DO FUNDO DA ALMA


Sonho... Oii!! Eu tive um sonho e gostaria de perguntar a tua opinião. Final de março sonhei que estava chegando num lugar (parecia uma praça), tinha muita gente, todos me cumprimentando, falando meu nome. Eu não conhecia ninguem. Até que eu fui andando e sentei em um banco onde estava sentada uma senhora, de uns 45 anos, cabelos claro, chanel. Ela falou um monte de coisas.. mas me lembro apenas de umas partes!! Ela me falou que em outra vida era casada com Antonio.. (eu cheguei a ver esse Antonio, era um rapaz ruivo e eu estava abraçando ele!!!). Mas no final ela me falou: Cuida do Antonio pra mim, cuida do Antonio pra mim, cuida do Antonio pra mim!! Só que a treceira vez que ela falou o "cuida do Antonio pra mim", eu estava acordando e ouvi a voz dela dentro do meu quarto como se ela estivesse ali!!! Não dei muita importancia pro sonho. Até comentei com minha mãe, e falei pra ela que parecia que eu teria um filho ou namorado que eu teria de cuidar!! Mas, passado um mês desse sonho, meu pai que se chama Antonio descobriu que estava doente.. Mas eu não associei o nome do meu pai com o sonho pois estava tudo bem com ele.. Mas eu acho que foi um aviso..O que podes me falar sobre meu sonho?? Ficarei muito agradecida com a tua resposta!! Obrigada!! De: Patrícia (Comunidade Partida e Chegada)


O que tenho para lhe dizer é o entendimento que temos do mistério da vida e, portanto, não uma verdade absoluta. Afinal, a criação desejou que nossas reencarnações tivessem o véu do esquecimento para facilitar nossa evolução. Mas a pergunta constante em nossa página é justamente "o que fazemos quando dormimos?" Pergunta muito comum e para a qual muitos de nós não temos resposta. E a verdade é que há tantas teorias a respeito do sono e dos sonhos que até ajudam a confundir.

Kardec, perguntado aos espíritos sobre o assunto, estes responderam, em "O Livro dos Espíritos", que o "sonho é a lembrança do que o Espírito viu durante o sono." O sono liberta, parcialmente, a alma do corpo permitindo-lhe entrar em relação com o mundo dos espíritos. Através dos sonhos, poderemos visitar entes queridos já desencarnados, ir a países distantes, entrar em contato com pessoas vivas.

A alma, independente durante o sono, procura sempre seus interesses. Busca as orgias, quando são se seu interesse, ou vai em busca de luz e esclarecimento em companhia de espíritos elevados. Mesmo quando dorme, a alma mantém seu livre-arbítrio, sua livre vontade.Mas, por que nem sempre nos lembramos dos sonhos? Será porque não sonhamos?

Sendo o corpo físico constituído de matéria pesada e grosseira, dificilmente conserva as impressões que o espírito recebeu, porque a este não chegaram por intermédio dos sentidos do corpo. Ou seja : as vibrações do espírito parcialmente liberto pelo sono são distintas das vibrações do espírito revestido do corpo. Isso explica porque, muitas vezes, o sonho é lúcido, repleto de cores, sons, imagens, e quando acordamos perdemos totalmente a lembrança. Ficamos apenas com as sensações no fundo da alma.

O cérebro, que é o instrumento pelo qual a mente se expressa em nível físico, é ainda muito grosseiro para registrar as impressões sutis que a mente liberta é capaz de registrar. É como se o cérebro não conseguisse decodificar as informações que lhe chegam durante o desprendimento pelo sono. Por esse motivo é que alguns sonhos nos parecem truncados, sem nexo, ou com grandes lacunas. É por isso também, que misturamos coisas e fatos do dia-a-dia com outras que não dizem respeito ao nosso mundo físico.

Pessoas há, que sonham com determinada situação e essa situação se concretiza no decorrer dos dias. São os chamados sonhos premonitórios. O espírito antevê, durante o sonho, o que irá ocorrer no dia seguinte, nos próximos dias, ou em futuro distante.

É comum e correta a frase "morremos todas as noites através do sono". Quando, pelo morte, se romperem em definitivo os laços que unem o corpo à alma, esta estará "liberta". É no sonho que muitos gênios vão buscar inspiração para suas invenções. Isso explica porque é que uma idéia, não raro, surge em diversos pontos do Planeta.

No teu caso, me parece que, sim, certamente, os sonhos foram contatos efetivos com uma pessoa em outro plano. E, aparentemente, a maneira como escolheu para se manifestar é um indicativo de que o "Antonio"' de quem falava seja seu pai. Sabemos que, em nossas vidas sucessivas, somos ligados a pessoas que nos são afins, por uma ou várias encarnações. E estes laços permanecem onde quer que estejamos. Uma ligação que, suponho, exista entre vocês e seu pai, mas também entre esta mulher e ele. Uma forte ligação que a faz transpor o caminho entre os dois planos e lhe passar uma mensagem que, possivelmente, faz parte de sua própria missão nesta vida. Isto porque, quando nos preparamos para a reencarnação, assumimos compromissos os quais certamente não lembraremos depois, mas que estão em nosso íntimo e que contituem um degrau em nossa caminhada.

Não sei qual a relação entre vocês, mas, ainda que seja boa e amorosa, não ignore tal mensagem, pois nada mais é do que um clamor de quem o ama profundamente. E, por amá-lo tanto assim, pede que você também o ame, com compaixão e paciência.

A partir de "O Livro dos Espíritos" (Questão 400 e ss.) e do artigo "Sonhos", de Momento Espírita

10 Comentários:

Luis Hipolito disse...

Tudo bem? Seguindo suas recomendações, reduzi para 30 o número de postagens visíveis na página principal do The Blogger(http://luishipolito.wordpress.com).
Gostaria que você me disesse se está carregando mais rápido. Sei que a rapidez no carregamento de uma página é fundamental para os internautas. Muitos desistem se a página demorar de carregar. Agradeço! Um abraço!

PS: Você pode deixar o comentário no Blog do Luis Hipolito.

Patrícia disse...

Não sei se cuidei do meu pai da forma que ela (a mulher do sonho) queria, mas nossa familia que ja era unida se unio mais ainda!! Ta certo eu ajudei a cuidar do meu pai no hospital.. em casa.. mas meus irmãos e minha mãe tambem fizeram a mesma coisa.. Ta no momento mais dificil que foi quando ele foi pro quarto eu não chorei me segurei.. parecia que não era eu.. eu tentava dar forças pra minha mãe, irmãs, mas na frente deles eu me segurava, depois desabava chorando.. mas sabia que ia dar tudo certo!!! Com a graça de DEUS agora esta tudo bem com ele.. Meu pai descobriu o cancer na língua em um mes e no outro ja estava operado.. Cancer maligno.. 8 horas de cirurgia.. E a cirurgia não foi só na lingua.. o medico abriu o pescoço dele de orelha a orelha, cortou o osso da mandibula ao meio.. tirou todos os dentes da parte de baixo.. Fez esvaziamento cervical bilateral.. foi muita coisa.. e a gente não imaginava que seria assim!!! as ele esta bem!!! h eu brigava muito com ele, mas eu brigo muito com todo mundo da minha casa, minha mãe, minha irmã... mas eu amo muito eles e eles sabem... sem eles eu não sou nada!! as creio que foi alguma lição pra mim.. pra dar mais valor pra vida!!!

Partida e Chegada disse...

O teu relato é muito forte e demonstra claramente a presença do mundo espiritual à nossa volta. A beleza e a justiça da vida está justamente na reencarnação, na possibilidade de retornarmos, melhorarmos, de aprendermos com nossos erros e com méritos. Sua história é exemplar e demonstra que devemos estar abertos ao aprendizado através dos momentos bons, mas também da dor.

Como já te disse, as uniões nesta vida não acontecem ao acaso e há sempre uma razão para encontrarmos as pessoas de nossa convivência. Mais ainda àquelas tão próximas, com as quais temos laço de sangue. E você demonstra que está atenta a esta experiência de vida e isto serve de lição a outras tantas pessoas.

Anônimo disse...

A algum tempo atras na escola de meu filho mais novo fui convidada para fazer uma prece para todas as mães por ser dia de todas nós.Ao iniciar a prece eu parece que desmaiei pois ñ lembro de nada ao acordar meu filho que tinha 9anos perguntou se eu sabia o que havia dito eu disse ñ ele disse a prece mais linda que eu ja ouvi todas choravam e a sensação q eu sentia é inesplicavel! O q me aconteceu?

Anônimo disse...

A 9 anos perdi um filho tinha 10 de idade,mas bem antes, nem poderia imaginar que me seria reclamado este filho e que teria que devolve-lo,sonhei que alguem de branco me levou,nós ñ caminháva-mos, flutuáva-mos por caminhos ingremes,com muito lodo e labaredas de fogo saía do chão ñ sei onde fomos,ao acordar fiquei preocupada ñ sabia o por que do sonho.em dezembro ele começou a se despedir de mim só que eu ñ estava compreendendo pois ñ imajinava que fosse um adeus.Em fevereiro aconteceu e na hora de maior desespero minha mãe apareceu com ele pela mão acho que hoje ja sei onde fui e o que fui fazer no vale dos suícidas já que mamãe fumava e bebia e sei que sem saber ela se suicidou, por isso fui busca-la para que se preparasse para receber meu filho no mundo espiritual e prepara-lo para aceitar a separação, gostaria de saber se tudo isso é realmente o que aconteceu ou se eu me enganei sómprar ñ sofrer? sou adepta ao espiritismo sei que exite uma outra vida após esta,mas as vzs tenho duvidas sobre muitas coisas q acontecem comigo como muitos sonhos me mostrando coisas que ñ entendo e que só depois que acontece é que vou compreender o porque e muitas vzs o sentimento horrivel de dor desespero que ñ decifro na hora só depois é que descubro o porque! Alguma explicação para estas situações? por favor se ha gostaria de ter um retorno.
Sem mais obrigada

Anônimo disse...

olá, gostaria que me respondessem essa questão pois estou muito intrigada,tenho 23 anos, e nunca tive sorte em encontar um namorado, depois de muitos anos estava muito interessada em um rapaz,tive um sonho,nesse sonho eu via muitas pessoas, era como uma fazenda, tinha muitas árvores, e as pessoas usavam as mesmas roupas, tunicas bege e eu procurava por esse rapaz mas naum encontava esse lugar era estranho pois naum era dia nem noite,e eu vi um senhor sentado perto da porta de uma casa, e esse senhor me disse que eu naum poderia estar ali e que era pra eu me esconder, poque ele estava chegando eu naum sei quem era mas devia ser alguém mal, porque senti uma sensação muito ruim no sonho então ouvi a voz da minha mãe falando com esse homem dizendo que eu nuam estaria mais ali, minha mãe passou por mim, pegou na minha mão e me levou para a estrada de onde eu tinha entrado, eu disse mas eu vim buscar o rapaz e minha mãe disse ele não é pra você,e eme empurrou onde eu caí num túnel e acordei, eu fiquei pensando pois lembro do sonho com muito detalhe, como se não fosse sonho, eu naum sei quantos dias depois, estava na internet e vi a foto de um outro rapaz, naum sei explicar como tudo o que eu sentia pelo outro passou a ser insignificante na mesma hora, como o ser humano é curioso começei a pesquisar sobre esse rapaz da foto, pq tenho certeza que conheço ele, descobri algumas coisas, como por exemplo, somos muito parecidos no jeito de falar, no físico, a voz dele me soa familiar temos os mesmos tiques, passamos pelas mesmas experências praticamente nas mesmas datas, ja sonhei com ele e os sonhos não parecem sonhos, parecem reais, minha lógica diz que é bobagem, mas não sei alguma coisa me diz muito forte que nos conhecemos, quando eu era adolescente sonhei com uma casa tão linda, eu cheguei a desenhá-la, nunca mais esqueci, quando estava pesquisando sobre ele descobri que ele morou nessa mesma casa que tinha sonhado, quando vi a casa me deu até um desespero pq eu conheço aquele lugar, o último sonho que eu tive com ele, eu estava em um lugar desconecido ,mas no sonho era minha casa, um palácio árabe muito bonito, ele entrou sentou do meu lado me abraçou, me deu um beijo, e eu senti o calor dele e o seu toque, fikei atordoada, pq tenho certeza que conheço ele, não sei que conclusões tirar disso, me ajudem

Anônimo disse...

Olá,,.me chamo veronica,.queria, se possivel uma grande ajuda, .em relação aos meus sonhos.; sonho eu expulsar demonios.,e espíritos maus, sinto as coisas no meu sonho,o vento,a terra,medo,tristeza,e outros sentimentos,.porém eu sei q estou apenas sonhando.; algo q me intriga,,e q,.eu corro toda vez nos meus sonho,mas não corro normal.,corro como se um leopardo ,toda vez, e sinto eu tocar o chão com minhas mãos e meus pés,. fujo d pessoas e demonios,n sei o porq,.

Erick Bradbury disse...

Olá... me chamo Erick, a pouco tempo atras eu sonhei que eu não era eu e estava deitado em uma cama e sentia um confortável sentimento de como se tivesse acordando de um sono profundo, eu não sentia dor alguma, e tinha alguém ao meu lado, não me lembro o rosto nem oque falava, e em um escuro, varias imagens passavam depressa, acordei em um hospital mas eu estava bem... via uma linda praça e varias escolas, não me lembro de algumas partes, só me lembro de abrir os olhos e sentir alguém sorrindo e olhando para mim em uma cadeira perto da minha cama

PS: queria a sua ajuda, eu não entendo ainda oque houve, se foi apenas alguma coisa que eu pensei no passado e me lembrei no sonho ou se isso tudo aconteceu mesmo...

Mágila disse...

Eu desde os 14 anos de idade que tenho sonhos reais demais.Já acordei arranhada,pois sonhei que caia de um barranco,já amanheci com o dedo cortado,pois sonhei que tinha cortado o dedo,e sinto o que vai acontecer,não sempre mas na maioria das vezes.Quando vou resolver algo já sei da resposta dos outros.E há mais de 10 anos que tenho o mesmo sonho,não sei o que é isso,mas sei que não é normal.Gostaria de algumas explicações,se possível.

Anônimo disse...

Hey, tive um sonho muito estranho, e não é de hoje que tenho sonhos nesse estilo, que normalmente parecem mais histórias contadas pelo meu cérebro e não uma junção de coisas do dia-a-dia. Pois bem... Sonhei que eu e minha irmã estávamos descendo por uma rua vazia (estávamos indo à uma espécie de acampamento, não tenho certeza), mas eu podia sentir a atmosfera macabra do sonho, apenas não sei como. Pois então... Entramos nessa espécie de acampamento próximo à essa rua, onde a grande maioria presente eram homens que chegavam com diversos tipos de carros (havia poucas mulheres) mas eu sentia que os donos do acampamento não me pareciam muito confiáveis. Depois de um episódio desagradável onde eu acabei derrubando um objeto de uma amostra de obras de arte, eu e diversas pessoas fomos trancafiadas em quartos, separadas. Era em um corredor estranho, bem pouco iluminado. Fui atada à uma cadeira e obrigada a esperar até a hora em que eu supostamente seria possuída por uma entidade desconhecida. Achei estranho, não lembro de ter visto algum filme que me fizesse sonhar com isso, ou algo do tipo, apenas fiquei intrigada, mas uma parte mexeu comigo: depois de ter passado um tempo trancada em um quarto, ouvi alguns gritos vindos de outros quartos desse corredor. A porta que até então estava trancada, se abriu de repente e a única coisa que eu conseguia ver era escuridão e nada mais. O resto do sonho não consigo me recordar bem...

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo