4 de mar de 2009

FÉ REFORÇA EFEITOS DOS MEDICAMENTOS


Os passes, a música, a fé e os medicamentos reforçam os efeitos da psicoterapia. Até a médica que dirige o departamento de psiquiatria do hospital se surpreende com os bons resultados dos tratamentos. "A espiritualidade se liga à questão do amor. Todo paciente que recebe carinho e afeto tende a responder de maneira mais pronta à terapia e ao tratamento farmacológico", avalia a psiquiatra Judite Pereira da Silva. Segundo Tadeu, a paz do ambiente e a energia que vem da espiritualidade também se encarregam de agilizar a recuperação dos doentes. "Você pega uma pessoa de surto e dois, três dias depois, ela já está voltando à normalidade, convivendo bem, se socializando. Não tem outra explicação, é essa a parte espiritual", ele acredita.

Impressionante também é como Tadeu consegue manter o hospital. A única receita certa vem do SUS para pagar os funcionários. Todas as outras despesas são pagas com doações de empresários e moradores de Araxá. Nunca faltou comida, remédio, nem conforto para os doentes.

"Eu digo que é decorrente da ajuda espiritual. A gente consulta tudo o que a gente vai fazer aqui. A gente não faz muito pela nossa cabeça. Não é nenhum fanatismo, porque sou contra o fanatismo. Mas nós temos essa obediência que sempre deu certo", conta Tadeu. Um homem simples que dedica sua vida aos doentes. José Tadeu da Silva aprendeu na infância, com a mãe, a cuidar dos desamparados. Ela morreu, mas ele continuou o seu trabalho. Hoje, Tadeu tem 47 anos e, com a ajuda da comunidade, construiu um dos maiores hospitais da região de Araxá, interior de Minas Gerais.

Segundo ele, o projeto teria vindo do mundo espiritual. São dez mil metros quadrados de área construída; quase 300 pessoas trabalhando, entre voluntários e empregados. São duas especialidades: geriatria e psiquiatria. O Ministério da Saúde supervisiona e aprova o trabalho, tanto que ajuda o hospital com recursos do SUS, o Sistema Único de Saúde.

Para os doentes mentais da região e os idosos, o hospital é o caminho da cura. No local, os males do corpo e da mente são tratados por especialistas que buscam na espiritualidade um reforço para a medicina. Esta parceria, além de abreviar os tratamentos, segundo os médicos, também tem conseguido unir várias correntes religiosas.

O pastor faz pregações na enfermaria. Duas vezes na semana, os doentes também recebem a visita de um padre. "Eu falei para o Tadeu que tinha muita vergonha dele, porque ele faz coisas que não tenho coragem de fazer, como dar banho nos doentes mais asquerosos. Pode ser que ele esteja mais perto de Deus do que eu", avalia padre José Perfeito.

Os espíritas costumam se reunir com os pacientes no jardim do hospital. Um coral formado por médiuns, enfermeiros e médicos transmite harmonia. Além de cantar, eles rezam. Em uma sessão de passes, tentam ajudar as pessoas a encontrar o equilíbrio mental. "O passe acalma o paciente", justifica Tadeu, diretor do hospital Casa do Caminho.

Pesquisas espirituais - Globo Repórter
Veja mais : íntegra do programa de março de 2003 (22/02/09)

1 Comentário:

Cris disse...

Este blog é mesmo especial... Adorei!

Paz e Luz para vocês....

Cris
(10/6/2008 20:30:00) - (IP: BloggerImport)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo