8 de mar de 2009

FUI RECEBIDA POR ANJOS... - Stéphanie


"Mãe Daniela.Vó Genildes, minha vó Ge. Vocêis estão lindas, quero beijá-las e sentir esse cheiro de céu... Vocêis me deliciam a vida com este perfume, com nome de amor. Mãezinha espero que o Papai Cláudio receba estas notícias com a alegria e a certeza de que sou a mesma, esperando a oportunidade de deitar naquele colo ao repousar a cabeça naquele ombro.

Mãe, vó, creio que fui valente, enfrentando o tumor que aos poucos eliminou órgão por órgão, até atingir o ponto de despedida. Me lembro de pedir para que me levassem até vocêis. Todos que me recebiam pareciam anjos, tal o carinho e a atenção que me dedicaram. Mas queria saber de que maneira ficaram meus pais sem a minha presença, e o Cláudio Henrique, meu irmão... Queria rever a todos e dizer a cada um que a morte se refere a uma transformação na roupagem física.

Vó, vó Gê, era uma vontade de pedir a você as coisas gostosas que você sempre fazia para me ver sorrir, e o vovô José Antonio, que saudade me dava de agarrá-lo e beija-lo. Eu era gordinha e feliz junto a você is, e sou feliz por saber que não perdi ninguém. Mãe sorria, assim da maneira que posso encontrar em seu sorriso, a fé, inabalável que você possui. Receba as flores do jardim que está no meu coração, todas plantadas para ser entregues a vocêis.V ó Ge, beijão, vó te amo. Mãe ajuda o Papai Cláudio e não esqueça de entregar alegria ao Henrique, já me encontrei com o bondoso vovô Francisco, e não me esqueço da querida vovó Raimunda. Que pena que tenho que parar com a escrita, mas vou ficar ainda algumas horas junto à vocêis. Beijos e mais beijos de sua. Stéphanie Caroline Menezes da Cunha".

Assinado : Stephanie Caroline (psicografia)

Data: 09 de fevereiro de 2007
Local:
Centro Espírita Aurélio Agostinho - Uberaba (MG)
Médium:
Celso de Almeida Afonso

Esclarecimentos :
1. Daniela e Cláudio-Pais 2. Cláudio Henrique: irmão querido 3. Vó Genildes: avó materna (vó Gê que era como ela chamava a avó) 4. Vovô José Antonio: avô materno - ( ela fala que era gordinha e feliz junto a nós, porque meu pai brigava muito comigo por eu deixar ela comer muito) 5. Vovô Francisco: avô paterno- Desencarnado em 24/02/2005 6: Vovó Raimunda - avó paterna ( primeira e única neta dela) 7: Ela fala pra ajudar o papai Cláudio- A Stéphanie se preocupava muito com o pai dela, ele não estava aceitando a partida dela e nem aceitava as psicografias, para ela não era a mesma coisa. Ela foi muito valente, nunca lamentou, nunca perguntou porque estava no hospital, sempre agradecia até as injeções que tomava.

1 Comentário:

Julio disse...

Divaldo franco gostaria da sua resposta.



Quero uma mensagem do meu filho o nome dele é Erico Gurian.


que eu perdi meu filho ,ele só tinha 31 anos,ele era um bom filho ,bom marido,bom pai e um bom amigo .
E eu não aceito a morte dele to sofrendo muito to em depressão profunda ,e gostaria que o senhor me manda-se uma mensagem de carinho,de conforto .
Por que eu estou sofrendo muito e prescizo de ajuda.

Meu nome: Josene Gurian
Moro:Praia Grande

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo