24 de mar de 2009

UM ESPÍRITO ESCREVEU PARA VOCÊ - I

Como as pessoas que creem na comunicação com os mortos transformaram suas vidas a partir de cartas psicografadas

Por Suzane Frutuoso (Revista IstoÉ)

Os resíduos brancos do sal marinho ainda estavam nos cabelos longos, lisos e escuros de Jeison quando sua mãe, a dentista Maria do Rosário Sosa, 58 anos, encontrou seu corpo. Filho único, o rapaz morreu afogado aos 15 anos, enquanto surfava na praia gaúcha de Capão da Canoa, em 1993. "Era como se tivéssemos morrido juntos. Passei um ano chorando", diz Rosário. Na tentativa de digerir o sofrimento intenso, ela e o marido, Jakson, 57 anos, deixaram Porto Alegre, onde moravam, para recomeçar a vida em São Paulo. Na capital paulista, por meio de familiares, conheceram o espiritismo. Quem visitou primeiro um centro foi Jakson.

Ao contar sua perda, uma das voluntárias do lugar disse a ele que o espírito de um rapaz, com as mesmas descrições da história de seu filho, já deixara uma mensagem a um médium. "Eu sou um surfista que partiu nos mares do Rio Grande do Sul", teria dito. Dali em diante, detalhes como "a prancha amarela com adesivo de guitarra" batiam com o caso de Jeison. Sem conhecer nada da doutrina, o empresário ficou em choque. Semanas depois, junto com a esposa (eram católicos não-praticantes), passou a frequentar a casa e receber cartas de Jeison - que hoje somam mais de 100. "A prancha na qual parti retorno no mesmo embalo trazendo comigo os beijos que lhe dou com um estalo", dizia uma das primeiras mensagens do jovem. "Ele sempre repetia 'mãe, um beijo com um estalo para você'", lembra Rosário, emocionada.

A perda de uma pessoa amada é uma das maiores tristezas que alguém pode viver. Rosário e Jakson só retornaram à alegria quando passaram a ter convicção de que o filho está bem, presente como sempre, e que, como depois de uma longa viagem, será possível reencontrá-lo. E, segundo o casal, quem garante tudo isso é ele mesmo, por meio de uma carta. Essa paz era o que faltava para se reerguerem e buscarem ser pessoas melhores a cada dia como gratidão pela bênção de ter notícias do rapaz. A psicografia tem esse poder. Para muitos, o fenômeno em que médiuns transcreveriam mensagens enviadas por espíritos (leia quadro) prova que a vida não acaba com a morte física. Numa nação em que 20 milhões se consideram simpatizantes do espiritismo e 2,3 milhões declaram seguir a doutrina fundada pelo francês Allan Kardec, as mensagens psicografadas chegam às mãos de milhares de crentes - ou não - todos os dias nos 12 mil centros espalhados pelo País, segundo dados da Federação Espírita Brasileira.


Veja amanhã a segunda postagem
Revista IstoÉ de 06/02/2009 (
Texto integral)

3 Comentários:

Arnaldo disse...

somos os olhos de deus vendo a si mesmo
Arnaldo Bertoluci

Ana disse...

Muito obrigada pelas suas palavras de conforto e de esperança...
Entendi direitinho as suas orientações e explicações e eu daqui também unirei as minhas preces às preces do seu grupo de trabalho as terças e quintas feiras.
Fiquei muito "impressionada" com a indicação do livro que vc me fez. Sabe por que? Eu já o havia adquirido!!!!!! Outro dia, eu estava numa livraria e "fui inspirada" a adquirir exatamente o livro "Por trás do Véu de Ísis" !!!!! Estou gostando demais do livro, só pode ser mesmo orientação espiritual.... não foi uma coincidência....
Sinto que estou sendo guiada com muito carinho pelos nossos irmãos espirituais, pelo meu mentor, enfim.... eu sei que a minha proteção é grande e que se ela já tiver em condições está me protegendo também pois é muito iluminada.
Marcos, obrigada por todo o bem o que vc nos faz através do Blog, do Orkut e do Yahoo. É um enorme e suave conforto para todos que sofremos a perda de nossos amados.
Deus abençoe você e todo o grupo de trabalho. Grande abraço, Ana

Anônimo disse...

Olá , minha avó materna Diva Neide Tozatti nasceu dia 26/01/1943 e faleceu agora dia 16/04/2010. Gostaria de saber como ela está. A noite passada até sonhei conversando com você e contando sobre ela. Por favor me ajude, minha mãe e minhas tias estão muito tristes e minha mãe chora todo dia... Obrigada pela atenção...

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo