27 de mai de 2009

LIÇÕES DE CHICO XAVIER - VIII

Esta é a oitava postagem com lições de vida de Chico Xavier, colhidas das inúmeras entrevistas concedidas ao longo de sua vida. Hoje os temas são dinheiro, bondade, catástrofes e riqueza.


DINHEIRO - "Não é nada, mas, o dia que eu aceitar pelo menos um tostão do produto da venda de qualquer livro desses, deixarei de ser Chico Xavier, ou seja: menos do que nada!" (Carlos Antônio Baccelli, de Uberaba - Jornal O Ideal - Nº 56 - Janeiro de 2000 - Chico no Lápis de Baccelli).

BONDADE -Um grupo de amigos conversava perto de Chico sobre o difícil problema do relacionamento humano e de como acertar nos serviços de assistência social, quando ele saiu-se com esta: "Ser bonzinho é fácil, difícil é ser justo". (Jornal Busca e Acharás - Junho de 2000).

CATÁSTROFES - Dentro da Doutrina Espírita, como se explicam as mortes, assim aos milhares, em guerras, enchentes, em toda espécie de catástrofe? Chico Xavier: "São essas provações, que coletivamente adquirimos do ponto de vista de débitos cármicos. As vezes empreendemos determinados movimentos destrutivos, em desfavor da comunidade ou do indivíduo, às vezes operamos em grupo, às vezes, em vastíssimos grupos e, no tempo devido, os princípios cármicos amadurecem, e nós resgatamos as nossas dívidas, reunindo-nos uns com os outros, quando estamos acumpliciados nas mesmas culpas, porque a Lei de Deus é a Lei de Deus, formada de justiça e de misericórdia". ("Chico Xavier - Dos Hippies aos problemas do mundo).

RIQUEZA - Estávamos com um amigo em Belo Horizonte e esse amigo queria conhecer as belas mansões de Pampulha. Chico Xavier, esse amigo e eu tomamos um automóvel e começamos a contornar o famoso e lindo lago da capital mineira, contemplando as formosas casas residenciais. O amigo perguntou ao médium: "Chico, você não tem inveja dos moradores desses lindos palácios?"

Chico Xavier: "Naturalmente que os moradores dessas mansões são todos excelentes amigos, gente muito boa de nossa terra, mas não tenho inveja deles, porque se todos nós temos que desencarnar um dia e largar tudo o que temos neste mundo, por que havemos de sentir inveja uns outros? Penso que cada um de nós está no lugar onde está o trabalho que Deus nos manda fazer." (Depoimento de Nena e Francisco Galves à Marlene Nobre em pequena 'História de Uma Grande vida', 1977 - Informativo do GEAL - Boletim mensal - Dezembro 1995 Ano v - No 6)

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo