04/10/2009

AMOR E A PRECE NOS LIGAM AOS QUE PARTIRAM

“Há nove meses que sofro o desencarne da minha mãe, essas mensagens que li estavam me dando um ânimo maior para voltar a viver, hoje quando li essa nova postagem, entrei em desespero, voltei a chorar muito, pois tinha a esperança de obter alguma notícia da minha mãe.... No momento dela, e não no meu.... Algumas atitudes que tomamos na vida as vezes machucam pessoas que não deveríamos machucar, pois em momento algum fizeram ou falaram mal da reputação de vocês. Deveriam excluir aquelas pessoas que não acreditam, mas não punir aquelas que somente ao ler essas mensagens já estão satisfeitas... Peço desculpas pelo meu desabafo, mas não nos deixem órfãos de palavras que acalmam nossos corações......” ( Meire )

Escolhi esta mensagem como ilustrativa dos e-mails e comentários que recebemos a respeito da postagem “Aprender com a psicografia que jamais virá”. O artigo, que inaugura uma nova postura editorial do blog, informava sobre os estudos que efetuamos acerca das psicografias divulgadas em nossa página, a impossibilidade de atender a um número cada vez maior de pedidos e sobre a decisão de não mais receber solicitações de mensagens. Em contraponto, recebemos mensagem de Mel Gama, que qualificou a postura como “certíssima”. Ela “perdeu” o pai há trinta anos e a mãe há cinco e sempre procurou receber alguma mensagem, mas diz : “encontrei na Doutrina a resposta para todas as minhas perguntas e o carinho que meu coração precisava, sem ser necessário um contato direto com os que amei e amo até hoje”.

Volto ao assunto para esclarecer, finalmente, que não deixaremos de publicar psicografias, ao contrário do que alguns entenderam. As mensagens, especialmente as obtidas através do médium Celso de Almeida Afonso e uma nova série de psicografias de Chico Xavier, publicadas em alguns de seus mais de quatrocentos livros, continuarão ocupando nossas páginas. Eventualmente, também estaremos divulgando cartas psicografadas de outros médiuns e de mães e pais que nos procuram, solicitando a divulgação.

Apenas procuramos evitar que este espaço torne-se um balcão de pedidos, que incentiva a dependência emocional e a curiosidade, em detrimento do desenvolvimento espiritual a que todos devemos estar sujeitos. Ademais, as estatísticas divulgadas naquela postagem bem demonstram a irrealidade das esperanças de alguns em relação ao recebimento de mensagens.

Mas, importa dizer, a todos que nos procuram ou já procuraram em busca de consolo: acredite no que diz o seu coração, pois Deus nos fala através dele. Se prestar atenção, perceberá que ele lhe diz que seu amor está bem e feliz e espera por você. Confie, acredite, tenha fé e viva a vida como ela deve ser vivida. Aquele que se foi cumprirá com as obrigações a ele impostas num outro plano e você deve cumprir as suas da melhor maneira aqui, para, ser merecedora desse encontro, pois a morte não existe. Fazemos uma passagem, como diz a mensagem principal do nosso blog. É um navio que, para quem fica, vai sumindo no mar imenso, mas para quem está do outro lado, está chegando, carregado de saudades, de volta ao porto.

Só o teu coração pode te dar a certeza que tanto busca. Uma mensagem seria tudo de bom?... claro, quem não quer notícias?! Mas muitos querem e nossas razões, desejos e necessidades nem sempre podem ou devem ser atendidos. Então, tenha sempre em mente que só o amor une pessoas e espíritos. E que a conexão segura para restabelecer esta ligação ou reforçá-la é a prece singela, que pode ser equiparada a um pensamento carinhoso e de saudades, que afaste a dor e o ressentimento. Só assim estará se unindo a quem nunca se foi e, principalmente, ajudando-o a superar os novos desafios e permitindo que, do outro lado da vida, ele também lhe auxilie e zele por você.

19 Comentários:

Maria Lúcia disse...

Caro amigo: Não é facil lidar com o ser humano, mas estamos aqui para aprender a conviver com todos.A algum tempo atraz colocava as psicografias por mim recebidas em uma página do orkut para pessoas se consolarem e aprender com as mensagens, porém como as psicografias que recebo, não constam sobrenomes, apenas nomes, houve questionamentos e polêmicas que vieram de alguma forma prejudicar esse trabalho.Deixei de publicar as mensagens, agora fica restrita ao Centro Espírita, o que vem mostrando que as devidas mensagens estão sendo encaminhadas para quem necessita realmente.
Que Deus te acompanhe nessa trajetória de luz!!!!
Abraços, Maria Lucia.

meire disse...

Meire


Marcos, e quando o nosso coração não nos diz nada....Venho carregando essa dor desde o momento da partida, foi um momento horrível.....vi tudo e sei o quanto ela sofreu...Pelo que entendi terei que achar todas as respostas, para as minhas perguntas dentro do meu coração, terei que cuidar primeiro de mim, para poder obter qualquer resposta de toda essa angústia que venho carregando, sua atitude é correta, em momento algum tive a intenção de criticar sua atitude, simplismente coloquei o meu ponto de vista....Peço desculpas se fui mal interpretada, continuarei seguindo o meu caminho....Abraços iluminados........

Partida e Chegada disse...

Meire,
Não se preocupe em interpretações ou desculpas. Apenas utilizei sua mensagem como exemplo de todas aquelas que lamentavam nossa decisão. Mas veja que esta nova postura, como explicado, tem mais a ver com nossas imensas limitações e com o imenso e crescente volume de pedidos, por si só, impossíveis de atender em tempo razoável. Então, diante da patente ineficácia de nosos esforços e do risco de prejudicar outras atividades do blog, decidiu-se pela suspensão dos pedidos. Mas continuaremos a publicar psicografias havidas em nossos trabalhos e outras, selecionadas, de Celso de Almeida e Chico Xavier.

Quanto a dor dos que ficam, não a ignoramos e procuraremos, como sempre, auxiliar no consolo e no crescimento. Mas desejamos ser um ponto de apoio e não uma "muleta" de dependência de uma imprevisível mensagem psicografada. Por isto, pela sua compreensão e paciência, agradecemos. E lembro que estaremos sempre por aqui... Um forte abraço. Marcos

Anônimo disse...

ola, gostaria de saber noticias do meu marido que desencarnou ha dois anos. queria encontrar respostas para minhas perguntas: por que uma pessoa ainda jovem, em plena atividade adquire uma doença maligna, do tipo raro, passa por um transplante de medula sofre como jamais imaginaria que um ser humano poderia aguentar, deixa esposa, filhos ainda pequenos, me pergunto: pr que deus permtite? seria um castigo pra mim ou pros filhos? provação? nossas vidas jamais será a mesma, a luta esta cada vez mais dificil, nao tenho mais forças...estou sem fé, nao tenho mais religião, gostaria se possivel um dia ter o merecimento de receber uma psicografia de jucelio DORNELAS DE OLIVEIRA, Pois nem sonhos eu tenho com ele por algum motivo que desconheço. sem mais, obrigado

Mel Gama disse...

Oi, Marcos querido!
Nem tinha visto este post... obrigada pela citação ao meu nome. Cabe a ressalva que minha mãe partiu em julho de 2008 (farão 2 anos em julho próximo). Porém sinto que ela sequer poderia falar comigo antes, mesmo que quisesse, pois estava recebendo os devidos tratamentos.
Por muitas vezes eu sentia que não era eu quem chorava, ela se servia de mim para chorar - o choro era dela. Agora, graças a Deus, me sinto melhor - a saudade ainda existe mas não é tão dolorosa...
Beijo carinhoso
Mel

Valéria disse...

Minha mãe desencarnou há 4 meses, foi uma partida inesperada e por isso, difícil de ser assimilada. Tenho formação católica, mas só encontrei respostas na doutrina espírita, fui ao encontro delas e me senti muito bem amparada. Há algumas semanas fui a uma sessão de psicografia, mas as notícias não vieram, porém saí de lá com o coração transbordando de graças, foi maravilhosa a experiência de ouvir as cartas e ver tantas mães sendo acalentadas pelos filhos desencarnados. Tenho convicção de que minha mãe estava lá ao meu lado e só não se comunicou por que não era o tempo dela.Vou perseverar.

Luiz Fernando disse...

Eu acredito muito nas mensagens psicografadas, e gostaria de um dia receber uma mensagen do meu tio Lula que desencarnou e eu queria muito bem a ele, como ele era uma pessoa de um temperamento hóstil talvez esteja com dificuldades de se relacionar com o mundo espírita.

Anônimo disse...

Olá!! Estou meio perdida referente religião, ou filosofia de vida, tive uma depressão mto estranha no início do ano, perdi meu emprego, onde era mto feliz, adorava o q fazia. E depois dessa depressão, perdi o ânimo pra tdo, fiz vários exames de cabeça, mas sem qualquer diagnóstico negativo, mas sinto-me como se não estivesse vivendo nesse mundo, parece que estou presa á algum lugar, esperando alguma coisa, parece que estou adormecida, não me reconheço, olho pras minhas mãos, meu rosto, e me sinto estranha, ouço, vejo, sinto, minha memória é a mesma, mas não sei o que há comigo!!!!???? stou enlouquecendo, preciso voltar a viver como antes, não sei o que faço nem o que procuro...Será que alguém pode me ajudar???????????????????????

Partida e Chegada disse...

RESPOSTA A MENSAGEM ACIMA:

Na verdade, não sei se posso ajudar muito, pois só posso passar pra você um pouco da minha crença e um pouco do conhecimento que eu acho que tenho, adquiridos com a leitura.

Acho que as coisas que te acontecem terminam se agravando pelo ambiente ao seu redor. A mente humana é complicada. Às vezes somos sugestionados a algo que não acreditamos pelo simples fato de alguém afirmar com convicção. Acredito sim que o mal existe. Mas acredito que o bem sempre vence. E, para ele vencer, devemos vibrar numa boa sintonia. Nos aproximar de pessoas que pensam positivo, de pessoas que nos acrescentam algo...

Eu, acredito que a prece é um instrumento muito poderoso para nos aproximar de Deus e de nos distanciar do que nos faz mal.

Não deseje o mal, seja às pessoas ao seu redor, seja mesmo a quem já se foi, pois ele talvez não tenha a mesma evolução espiritual que você e isso é digno de compaixão.

Ore por você. Tenha uma conversa franca com Deus. Já tentou? Exponha teus sentimentos, tuas vontades e peça de coração, e tenho a certeza de que Deus vai te ouvir e te mostrar um caminho a seguir.

Talvez precise apenas de confiança, de acreditar em você. Sempre que pedimos com fé, nossos desejos, quando são de nosso merecimento, são alcançados.

Fica muito difícil falar o que você deve fazer, pois não faço idéia de como você é na intimidade, ou age, ou no que você acredita, entende?! Mas lhe desejo toda a felicidade e paz.

Um forte abraço.

Marcos Grignolli

Anônimo disse...

Olá...
Perdi minha filha há pouco mais de dois meses, exatamente 11 dias antes de ela completar quatro anos.
A saudade que sinto é avassaladora e como sou ser humano e ainda tenho muito que aprender, em alguns momentos os "por quês" me assombram.
Aprendi exatamente nos momentos de aflição, que tenho como demonstrar meu amor por ela, pedindo a Deus que sempre a tenha em um bom lugar que ELE sempre a diga o quanto a amo!
Peço também, para que ela não se aflija com a minha saudade e também com as minhas lágrimas, afinal sou muito limitada e a saudade é uma maneira que tenho de demonstrar o amor que sinto por ela. Quero que ela esteja feliz!
Em todos os momentos de tristeza pela falta dela, procuro sempre fazer uma prece e, por incrível que pareça em seguida sempre me sinto melhor.
Não pergunto pq ela se foi, afinal, não somos capazes de entender os desígnios de Deus, porém, em todos os momentos que a saudade e a tristeza me abalam, peço a Deus que leve meu amor até ela e que não deixe ela se perturbar com a minha aflição.
E assim, pretendo viver a minha vida nesta terra, sem esquecê-la em nenhum momento e, peço a Deus que jamais permita que ela me esqueça e que um dia nos reencontremos.
Aos nossos entes queridos que se foram, embora, as vezes uma confusão de sentimentos se formam em nossos corações, vamos tentar transmitir-lhes paz, amor e tranqüilidade, e sabemos que eles também sentem nossa falta e também precisam da nossa ajuda!


Daniela
(dannigrego@gmail.com)

Anônimo disse...

Bom dia Marcos (Grignolli)!!

Obrigada por suas palavras, me transmitiram algo de bom... Gostaria de conversar mais com vc, se fosse possível,
Realmente preciso de ajuda...
celiaaparecidaaraujo@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa Noite Marcos
PERDI UM FILHO A UM ANO, DESDE DE LA VENHO VIVENDO MAS SEM ENTENDER NADA, ESTOU COMO ANESTESIADA E UM DESANIMO MUITO GRANDE, TENHO TENTADO BUSCAR RESPOSTA NO ESPIRITISMO PARA COMPREENDER MAS NÃO CONSIGO ENTENDER NADA SE VC PODER ME RESPONDER MEU EMAIL Ë IV_CLIMA@HOTMAIL.COM, COMO UMA PERDA NOS DESESTRUTURA TANTO ME AJUDE POIS ESTOU PERDIDA OBRIGADA IVONE.

Anônimo disse...

Amigos, assimilem a perda com o tempo. Não fiquem atrás de mensagens psicografadas, pois elas não são necessárias, creiam nisso. A fé, os exemplos da doutrina é que devem nos servir como bússolas para prosseguirmos nossa jornada.
Lys Sousa

Anônimo disse...

Infelizmente, o tempo não apaga nenhuma dor da saudade daqueles que nos deixaram.Inclusive, vivemos a vida inteira na esperança de um dia encontrarmos eles, abraçá-los. Perdi minha mãe a dois anos e meio. Minha força de viver veio do meu filho que graças a Deus ela conheceu por oito meses. Hoje, perto do Dia das Mães a saudade aflora... vou rezar pela minha mãezinha, na esperança de que apareça prá mim em sonho, me abrace e eu possa saber que ela está em Paz e bem. Luz a todos! E serenidade prá nós que ficamos.

deise disse...

Eu infelizmente moro longe,eu gostaria de ir ao centro espirita,gostaria de uma psicografia da minha filha, mais é dificil tem seis meses que ela se foi num acidente de carro tinha vinte dois anos recém formada em enfermagem a dor é enorme,hoje leio as mensagens as cartas psicografadas e encontro um pouco de paz em saber que ela só passou para outro plano.que ela deve estar trabalhando de lá o que estudou aqui ela era a mais dedicada da turma de enfermagem. amava os estudos e amava ajudar os necessitados sei que tá num lugar melhor que aqui pelas suas boas ações terrenas,amo demais vc filha amada.

Anônimo disse...

eu sou deise da meansagem acima,como gostaria de uma piscografia dela ai Deus me ajude. meu email é giselerodrigues7@hotmail.com

Renata Lima disse...

Miyagi (Nelson Shiro Mukuno)
Quando penso em você, sou dominada por uma saudade enorme, sei que você foi embora de uma maneira inesperada, o que me conforta é saber que quando tive oportunidade disse o quanto te amei e ainda te amo, nós não estavamos mais juntos, mesmo assim sei que a nossa ligação vai muito além, continuarei sempre pedindo a Deus e a Espiritualidade que te dem o amparo necessário para que você possa estar cada vez melhor, você estará sempre em meu coração.

Laryssa Silva disse...

boa noite eu perdi meu filho a quase dez meses queria muito ter algum noticias como ele se encontra meu nome e Luzimar meu filho reginaldo peixoto silva filho nasceu 05/05/1995 faliceu 04/05/ 2012 meu face é larynha-melhozinhaa@hotmail.com ou laryssaerayanne@hotmail.com

Anônimo disse...

Perdi minha mãe há 5 meses, devido uma doença maligna que se alojou em seu fígado.. sofro muito com a saudade que sinto dela. Minha mãe era tudo pra mim... era amiga, companheira e acima de tudo Mãe. Gostaria muito de receber notícias dela.. se por ventura vocês conseguissem alguma notícia, me informam... só queria saber se ela está bem, ouvir teus conselhos.. só isso. meu email é niuceliabk@hotmail.com

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo