1 de out de 2009

DELEGADO BUSCA PROVAS DA REENCARNAÇÃO

O delegado João Alberto Fiorini de Oliveira, chefe do Serviço de Registros Policiais para Investigações do Paraná, busca incansavelmente provas científicas da reencarnação. Nascido em família espírita, iniciou suas pesquisas há 10 anos, com confrontos de impressões digitais de mortos e vivos. Mas foi por meio da análise da face e da escrita que encontrou fortes evidências da existência de vidas passadas.

Fiorini relata passo a passo desse estudo em seu livro ''Reencarnação, Investigação Científica'', publicado em 2008 pela editora Sergraf. Um dos casos mais envolventes trata de pontos de coincidência encontrados por peritos no rosto e nos cadernos escolares de Marcelo e Marcio, dois jovens nascidos no interior de São Paulo, na mesma família, mas em épocas diferentes.

Segundo relato do pesquisador, Marcelo morreu aos 7 anos, após uma cirurgia cardíaca. Durante anos, ele se comunicou com a mãe, Marina, pela psicografia (carta ditada por espíritos ao médium) - método muito praticado por Chico Xavier. Quando as comunicações pararam, a mãe foi informada, por outro médium, que o filho havia reencarnado na família e trazia no corpo a mesma peculiaridade da vida anterior.

Marina lembrou-se de que o filho tinha um mamilo a mais, localizado abaixo do esquerdo. Ela também percebeu que, logo após parar de receber mensagens, nasceu Marcio, filho de sua sobrinha. Ao visitar a criança e levantar a blusinha dela, surpreendeu-se ao notar que ela também tinha o mesmo sinal.

As investigações começaram pela comparação de DNA do sangue de Marcio e dos outros filhos de Marina. Mas o resultado foi negativo. Em seguida foram analisadas as letras das duas crianças. E aí surgiu um fato curioso. Marcelo e Marcio escreveram roxo com ch. Além disso, os peritos constataram cinco pontos indicativos de que a escrita poderia ter sido feita pela mesma pessoa.

As maiores evidências, contudo, foram achadas na análise do rosto dos meninos. No laudo, os peritos afirmam que é muito difícil estabelecer semelhanças mais concretas entre as duas faces, em razão das diferenças de cor, ângulo, distância e nitidez das imagens. Porém, afirmam que alguns traços chamaram a atenção quanto às semelhanças entre os dois meninos.

No laudo, os peritos enumeram 29 características semelhantes, entre elas formato da cabeça, contorno dos olhos e das sobrancelhas, fossas nasais e espessura dos lábios.

1 Comentário:

azulebranco disse...

Dr.Joao Alberto...sou a Sylvia de Sao Simao sua nova vizinha, lembra-se...
Parabens pelo seu trabalho vc nao imagina o quanto isso sera importante para a humanidade...principalmente no tocante a justiça...pois compreenderemos a partir dai quantos casos os quais permanecem obscuros de atos e fatos incompreensiveis aos olhos meramente humanos... Um abraço...apareça...sentimos sua falta pois faz tempo que nao vem a Sao Simao. Sylvia Maria

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo