12 de out de 2009

'MORRI POR DENTRO... QUERO RENASCER...'


Eu morri.
Morri por dentro, me afoguei em lágrimas, mesmo morta ainda sangro, sangro com as feridas passadas e com aquelas que ainda insistem em nascer.
Morri,
Morri de vergonha, de humilhação, de medo, de tristeza, profunda tristeza. Morri por que ninguém achou que eu podia morrer, morri por que nem acreditei que a tristeza era tão profunda, que a dor era tão grande e me deixei pisar em areia movediça.
Sofri tanto que hoje já não sei mais o que é ter paz, riso, meu olhar cinza e branco, tenta fugir do preto e se comove com um pouco de cor.
Quero renascer, mas já nem sei se tenho forças, me dissolvo em lágrimas, em dores de dentes, de estomago, coluna, em angustia que nem sabe se termina em algum lugar.
Morri e agora tenho que nascer, mas até isso tem um tempo. Até a semente lançada na terra tem seu tempo para germinar.
Perdi sonhos, confiança, alegria, espontaneidade, perdi a vida que amo, perdi meu pai que eu amei tanto, perdi as pessoas que eram minha referência, perdi. Não tenho referências a não ser eu mesma, e eu não sou uma boa referência.
Luto contra uma depressão tamanha querendo acreditar que eu ainda posso, mas eu não acredito mais em mim mesma, tenho dúvidas será que eu valho à pena.
Morri e continuam me matando, continuam me saqueando como um navio velho abandonado em um mar qualquer.
Sinto-me vazia como um poço profundo onde só resta uma poça, onde nem vale à pena jogar o balde.
Triste, tristeza profunda, que vem me abraçando, uma monotonia. O esforço é tão grande, tão imenso, que já nem sei se vou conseguir. Tudo perdeu o sentido, tudo leva a não sei aonde.
Covarde, me sinto covarde com a minha fraqueza, fraqueza de não saber ver, de ignorar, de dizer não, de buscar aquilo que ninguém pode me dar e que ninguém quer dar.
Sinto-me fraca, fraca no coração, fraca na alma, fraca de forças, acuada. Tenho tanto medo que isso aumenta minha covardia para renascer, será que devo renascer? Será, será que vale a pena?
Sinto que posso chorar tanto, tanto, que quanto mais choro mais me rasgo mais me dói, mais machuca-me, parece que não chega o final do sofrimento. Sofri e sofro.
Por isso que morro um pouco mais a cada dia, e dificil mesmo é renascer.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo