8 de nov de 2009

PENSAMENTOS NOS LEVAM AO BEM E AO MAL

Em “O Livro dos Espíritos”, Allan Kardec publicou a informação dos Espíritos-Reveladores que asseveraram: os Espíritos (seres desencarnados em seus diversos níveis evolutivos) influem os pensamentos e os atos dos homens muito mais do que imaginamos a ponto de, comumente, serem os desencarnados que dirigem os homens (Questão 459).

Ocorre que, mais à frente, na Questão 466, há o complemento necessário para entendermos tal influência. Kardec questiona o porquê de Deus permitir que os Espíritos incitem os homens ao mal. Os Espíritos Superiores revelaram que quando os homens desejam o mal é que atraem a atuação das más influências dos Espíritos afins a tais desejos; que logo os homens desejem praticar o mal, os Espíritos atrasados correm para auxiliá-los; que só quando os homens queiram o mal, podem estes Espíritos ajudá-los na prática do mal.

A Questão 467 redunda em esclarecedora resposta: “Pode o homem se afastar da influência dos Espíritos que o incitam ao mal?” — “Sim, porque eles só se ligam aos que os solicitam por seus desejos ou os atraem por seus pensamentos”. O homem pode eximir-se das más influências visto que tais Espíritos só se apegam aos homens que os chamam pelos seus desejos e que os atraem pelos seus pensamentos.

Assim, a responsabilidade por qualquer influência adequada ou inadequada será sempre nossa (dos homens) e não dos Espíritos que atraímos. Daí a vigilância para nos darmos conta de nossos desejos e pensamentos, bem como a importância da oração para nos conectarmos a Deus, nosso Centro de Luz.

Uma vez que a Lei de Atração, de Sintonia existe e é universal, que aprendamos a usá-la com inteligência: na Vida, pensar e sentir no Amor, no Bem e na Paz nos fará agir de forma harmônica – e isto atrairá os bons Espíritos que fazem parte da “equipe” do Cristo, os quais reforçarão em nós o incentivo na postura construtiva ante Deus, ao próximo e a si mesmo, independentemente da opção religiosa que sustentemos.

Janio Alcântara

1 Comentário:

Lydia com Y disse...

Venho me policiando em relação aos meus pensamentos.
Já tive experiencias, que pude constatar como é precioso mudar a "frenquencia".
Abraços.

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo