20 de mar de 2010

CHICO FOI ASTRO DO PROGRAMA PINGA-FOGO


As históricas entrevistas na TV Tupi, que tentaram derrubá-lo, mas acabaram consagrando-o
Nas noites de 28 de julho e 21 de dezembro de 1971, o médium Chico Xavier foi a estrela do programa Pinga-fogo, na extinta TV Tupi, Canal 4 de São Paulo. A primeira entrevista, prevista para durar 60 minutos, se estendeu por quase três horas. A segunda foi maior ainda: durou quatro. Nas duas ocasiões, o médium respondeu à queima-roupa perguntas afiadas de alguns dos jornalistas mais conceituados àquela altura - Saulo Gomes, Reali Júnior, Helle Alves, Herculano Pires, Freitas Nobre, Vicente Leporace e Durval Monteiro, além do intelectual católico João Scantimburgo e do cientista Harnani Guimarães. 

Temas polémicos para a época - como sexo, pena de morte, aborto, transplante de órgãos, bebés de proveta, homossexualidade, cremação, entre muitos outros-foram abordados sem meias-palavras. A autenticidade das obras psicografadas por Chico foi questionada mais de uma vez. O médium acabou defendendo as Forças Armadas, embora o país vivesse sufocado por uma ditadura militar. Não convenceu os entrevistadores em muitos momentos das duas entrevistas. Mas acertou em cheio o coração dos telespectadores, que adoraram suas performances. Ao encerrar a participação no segundo "Pinga-Fogo", véspera de Natal, Chico psicografou uma mensagem ao vivo e diante das câmeras.  

Cerca de 75% dos televisores da cidade de São Paulo estavam sintonizados no programa - e o médium saiu dos estúdios da Tupi com a credibilidade reforçada, definitivamente consagrado.

Veja outros vídeos do Programa "Pinga Fogo" em nossa página no YouTube.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo