17 de jul de 2010

FILME 'AS MÃES DE CHICO' ESTRÉIA EM DEZEMBRO

As gravações do filme "As Mães de Chico Xavier", de Glauber Filho e Halder Gomes, chegam na reta final. O longa tem estreia prevista para o mês de dezembro.  A Casa de José de Alencar, em Messejana, serviu de locação, na última  semana, para as gravações do elenco principal de "As Mães de Chico Xavier". A cena do dia: retratava o médium atendendo várias pessoas ao ar livre. Fato costumeiro durante as visitas, pois a quantidade de gente que o procurava era tão grande que não cabia dentro de sua casa.

Em meio a parafernália de equipamentos, o ritmo acelerado das gravações, sons, silêncios, sol, estresses, sorrisos, concentração e pausa para o descanso, atores, produtores e diretores davam o melhor de si.

"As filmagens tem sido muito boas. Toda a equipe é bastante dedicada e a história é muito linda. É muito gostoso fazer esse tipo de filme que fala de uma dimensão humana, fugindo daquela estética da violência tão potencializada na cultura ocidental", explica Glauber Filho.

De acordo com o diretor, o cinema que segue essa linha mais transcendental, como foi o caso de outras películas antecessoras a produção em andamento, "Bezerra de Menezes" (de sua autoria) e o longa-metragem "Chico Xavier", de Daniel Filho; vem resgatando um público adulto diferenciado, em busca de temáticas mais espiritualizadas e maduras.

Narrativa

"As Mães de Chico Xavier" foi inspirado no livro "Por Trás do Véu de Isis", do jornalista e escritor Marcel Souto Maior (também autor de "As Vidas de Chico Xavier", biografia que deu origem à trama, atualmente em cartaz, de Daniel Filho).

O filme, que está sendo gravado em película 35 mm, conta a história de três mulheres. Ruth (Via Negromonte), mãe de um adolescente que enfrenta problemas com drogas. Elisa (Vanessa Gerbelli) que tenta suprir a ausência do marido, dedicando-se inteiramente ao filho, o pequeno Theo (Gabriel Pontes). Lara (Tainá Muller), uma professora que enfrenta o dilema de uma gravidez não planejada. Todas, acima de tudo mães, com suas vidas modificadas quando buscam conforto nas palavras do médium Chico Xavier (interpretado mais uma vez pelo ator Nelson Xavier).

O elenco também é composto por Herson Capri, que interpreta Mário, marido de Ruth, Caio Blat, vivendo um jornalista que busca emplacar uma matéria sobre o médium, e Neuza Borges, a dedicada governanta de Elisa e Guilherme (Joelson Medeiros). "Faço um jornalista cético que investiga a mediunidade de Chico. Ele quer a todo custo fazer uma matéria sensacionalista, mas a medida em que passa a conhecê-lo, o personagem se sente tocado e procura entender mais da doutrina espírita. Inspirei-me na própria experiência do jornalista Marcel Souto Maior", diz o ator Caio Blat. No elenco principal, destaca-se também a presença da única atriz cearense, Christiane Góis. Ela interpreta a babá Lica, que vive uma situação dramática, sendo acusada de algo que não é culpada. "Estou muito feliz de participar do filme, é o meu primeiro longa", ressalta a atriz.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo