9 de ago de 2010

'A CURA', MINISSÉRIE DA GLOBO, FALARÁ DE CURAS ESPIRITUAIS

Juca de Oliveira e Selton Mello integram o elenco da série 'A Cura'
O filão dos roteiros baseados em experiências espirituais tem rendido altos números de audiência. Além do recém-lançado longa "Chico Xavier - O Filme", cinebiografia do médium mais famoso do Brasil e que obteve recordes de bilheteria, da novela "Escrito nas Estrelas", que se estabiliza no horário das seis com um ibope satisfatório, e do filme "Nosso Lar", também baseado na obra de Chico Xavier, está prestes a estrear a série "A Cura", que vem inflar as crescentes estatísticas de produções sobre o tema. A primeira série de João Emanuel Carneiro e Marcos Bernstein - roteirista do filme sobre Chico Xavier -, é dirigida por Ricardo Waddington e estreia na Globo no dia 10 de agosto, no lugar do seriado "Na Forma da Lei". 

Com um formato de thriller psicológico, a produção de nove episódios conta a história de Dimas, um cirurgião nascido em Diamantina, no interior de Minas Gerais, onde se passa a trama. O personagem vai embora da cidade ainda criança, acusado de matar um amigo de infância. No entanto, 20 anos depois, ele decide voltar para sua terra natal e descobre que tem o dom de curar doentes graves. Mas, misteriosamente, esses pacientes morrem em seguida. "Sempre tive vontade de contar a história de um curandeiro, essa figura bem brasileira, e Minas foi escolhida por ser uma terra de mistérios e segredos", justificou João Emanuel.

A história, que não é baseada em fatos reais, se passa em tomadas dos dias atuais e do Século XVIII, onde se destaca o personagem Silvério, um antepassado de Dimas, vivido por Carmo Dalla Vecchia. Para o personagem, o ator chegou a emagrecer 15 kg. Como um cruel minerador de ouro, ele protagoniza cenas de extrema violência. No desenrolar da história, o encontro dos dois personagens mostra um ajuste de contas ao longo dos séculos. "Estou fazendo esta série de poros abertos, descobrindo tudo no calor do trabalho e impregnado com essa atmosfera de mistério", filosofou Selton Mello.

Para contar essa saga na pacata cidade histórica, a Globo deslocou 150 profissionais, que participaram de 25 dias de gravações na região. Uma das principais locações é o hospital de Dr. Turíbio, vivido por Ary Fontoura. Ele é pai da correta Rosângela, uma médica amiga de infância de Dimas, vivida pela mineira Andréia Horta, que é noiva há sete anos de Camillo, interpretado por Caco Ciocler. "Tive de retomar meu sotaque mineiro e construir uma médica justa e muito honesta. O mais importante foi ter começado a gravar essa série em Diamantina para que a gente vivesse plenamente o tom dos personagens", avaliou a atriz.

Dimas acaba se envolvendo com a personagem de Andréia e sua vida se entrelaça com a do enigmático médico Otto, papel de Juca de Oliveira. Seu personagem é considerado um criminoso para alguns e santo para outros. "Dimas destrói o mundo perfeito em que Camillo vivia. Ele atrapalha sua vida pessoal e profissiona", adiantou Caco.

Sem efeitos especiais, realismo fantástico, conotações religiosas, mas com alusões ao catolicismo e ao espiritismo ao falar de vidas passadas, a produção mostra, com suspense, a dubiedade do caráter do protagonista. Com um elenco com nomes como Nívea Maria, Ary Fontoura, Ana Rosa e Luiza Mariani, entre outros, a cada episódio, a trama destaca a saga de um médico curandeiro que se surpreende com sua capacidade paranormal de curar com as mãos. "Vamos mostrar o imaginário brasileiro, o misticismo que faz parte das nossas vidas, principalmente no interior do Brasil", adiantou Ricardo Waddington. 


20 Comentários:

Adriano Crivelli disse...

Nada é por acaso meu amigo, tudo tem sua razão de ser e existir...

Anônimo disse...

caramba acabei de ver o primeiro capitulo e é tubo de bom, gostei muito, espero que os demais capitulos sejam tão bons quanto o primeiro.

Anônimo disse...

Fantastico!! Lembra a historia do medium João de Deus em Abadiania/Goiás.

Anônimo disse...

muito bommm,tomara que a paciente tenha sobrevivido para o dimas nao ficar como um assassino e sim como um bom medico espirita

adrika disse...

O trabalho é fantástico, surpreendente e delicioso de ver. Selton Mello está no seu apogeu
adriana

JOANA CRESPO disse...

Adoro as minisséries da globo.
Mas essa está ótima, e curta,
só passa 1 vez na semana,ai fica facil
da gente ver,pois q trabalha cedo ñ e facil,
principalmente agora com esse horário político.
Um bj p/ td equipe, e principalmente p/
Seltom Mello,estáva c/ saudades.

bonecasdepanoninha disse...

Isso q foi o fim da mini serie...um lixo de final!!!!!!
Perdi meu precioso tempo por isso!!!!!!!!!!!!!
Dexou muito a desejar!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Acho q nos telespectadores mereciam mais respeito e consideração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Eu adorava essa minissérie a cura, só que não gostei do final. Foi um final sem sentido.
Poxa vida, eu não perdia nenhum capítulo até quando ñ dava pra ver eu baixava no computador

Anônimo disse...

Sinceramente não entendi o que a Rede Globo tentou causar com esse final, eu como tele-espectador estou me sentindo revoltado, indignado, desrespeitado, ficaria escrevendo diversos adjetivos negativo, mas não é minha intenção, queremos uma explicação ou até a continuação da minissérie o mais rápido.

Marcelo.

Anônimo disse...

Esse foi o fim da primeira temporada. Calma,gente,a minisserie terá continuação.

Anônimo disse...

Eu também fui uma das que não entendi o final da minissérie "A CURA"
Realmente deixou a desejar...

Cris

Anônimo disse...

Será que terá continuação mesmo???!!!

Cris

Dil disse...

Que falta de imaginação desse autor, ninguém merece esse final, ridículo.
Se isso não tiver continuidade...Não assistirei mais nenhuma minisérie da Globo. Tenho mais o que fazer.
Definitivamente, acabou sem sentidooo!!!

gladys disse...

Espero uma 2ª temporada e todos os dias em vez de uma vez por semana...

Rafael Guilherme disse...

Uma bosta de final!

Adorei a trama... adoro diamantina!!!


Mas esse final ridiculo ninguém é obrigado a gostar nao!!! Espero que n~]ao tenha continuidade pra gente não se frustar mais uma vez! rs

Abraços a todos

Anônimo disse...

detestei!estava otimo,mas sinceramente eu nao sei o porque de um final tao infeliz e tao ridiculo!fique indiguinada de tanta babaquice!que odio!se nao ia ter um final bacana porque escreveram essa merda no final!o pior que nem satisfaçao nao deram pros telespectadores!

Anônimo disse...

Estou esperando o funal até hoje

Anônimo disse...

Alguém conseguiu uma explicação sobre o final de A Cura , conseguiram contatar a Globo pois a estória é impressionante , mas sem final.

Anônimo disse...

Gente que final é esse??/Ridiculo,pq a Rosangela abriu o olho,qua o sentido????Nao entendi...que triste!

Thayane Freitas disse...

Péssimo final, e até hoje não teve segunda temporada ne!!
Aaaa por favor

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo