14 de set de 2010

A CURA: QUINTO CAPÍTULO E NOTÍCIAS DE BASTIDORES



Selton Mello não conseguiu dormir, Carmo Dalla Vecchia teve pesadelos com assassinatos, Caco Ciocler sentiu o poder da energia espiritual. Experiências sobrenaturais mexeram com o elenco durante as gravações de A Cura, novo seriado da Globo que estreia na terça-feira. A própria história já é carregada: envolve um jovem acusado de assassinato na infância -que volta à terra natal como um médico com poderes sobrenaturais- e um minerador sanguinário do século 19, que viveu atormentando escravos.

"Foi difícil de dormir durante o período em que a gente estava gravando. A história em si é muito cheia de carga. O seriado ainda nem foi ao ar e as pessoas comentam comigo sobre experiências de curas espirituais e coisas do tipo. O brasileiro gosta muito disso, de mistério. Sou um pouco ligado ao Candomblé. Minha mãe rezava para São Longuinho", conta Selton Mello, que vive o médico Dimas, referindo-se às gravações na cidade de Diamantina, em Minas Gerais, que duraram 25 dias.

Carmo Dalla Vecchia, que vive o torturador de escravos Silvério, concorda com Selton. "Não dá pra sair incólume. Comecei a sonhar que estava assassinando pessoas", relembra. Em uma das cenas, seu personagem aparece cortando a língua de um escravo. "Muita mãe vai dizer: 'Tire as crianças da sala'. O Leôncio (Rubens de Falco), de Escrava Isaura era a minha referência. Não vi ninguém tão agressivo e violento", conta o ator, que, para viver Silvério, perdeu 15 kg e há quatro meses não faz a barba. "Queria ficar com corpo de gafanhoto, meio asqueroso. A moça que trabalha comigo diz que estou horrível. Mas estou realizando o sonho de contar uma história de terror", diz.

Durante as gravações, Carmo teve outro percalço. "Tinha carrapato até na minha cueca. Fiquei dois dias tentando tirar um do meu tornozelo. Não tomei banho de cachoeira lá, porque estava muito frio, mas, quando cheguei no Rio, fui direto pra praia, descarregar as energias", revela o ator.

No elenco, não falta quem acredite em cura espiritual. Caco Ciocler, que vive o médico Luiz Camilo, noivo da legista Rosângela (Andréa Horta), é um deles: "Acredito que existam pessoas com poder de curar. Se eu tivesse uma doença, consultaria um médico e também uma dessas pessoas", garante.





Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo