6 de dez de 2010

'ESTOU INTEIRO, SOU TODO SEU FILHO'


Mamãe Ana Paula, simplesmente Paula da maneira que você sempre gostou.

A pouco pensava no quanto é difícil para seu amor de mãe pensar que posso estar tão próximo de você e seus olhos não me vêem da maneira que é o seu desejo.

Estou inteiro mãe, sou todo seu filho. Um mundo que se mistura ao seu, formando um espaço de amor de maneira que sempre dedicamos um ao outro.

Sei que muitos falam do acidente, procurando saberem conhecer o que para eles é o desconhecido, não censuro ninguém, mas espero daqueles que estimo as orações, as vibrações de animo e não o pensamento inadequado quanto a situação em que fui envolvido com o veículo encontrando a morte física.

Não sei explicar o que aconteceu naquele momento, me deu um branco de maneira a me sentir fora de mim mesmo, quando tentei me conscientizar do que me acontecia iniciava se sobre mim uma dormência que me tirava qualquer facilidade de raciocinar de maneira coordenada, não é de o meu desejo fazer do que aconteceu um drama maior do que sei como verdade, e espero de todos a compreensão para com a nossa dor e creio que me aceitam sem atirar contra mim qualquer pedra de acusação, de maneira a desejar mostrar que o que me aconteceu foi de encontro a minha vontade ou de minha irresponsabilidade .

Estou aqui mãe entregando esta escrita sem exigir que seja compreendida por todos é o seu filho falando ao seu amor. A vovó Mary esta junto a mim me oferecendo a proteção de outra mãe. Meus beijos na vovó Alcy, vovô Eduardo, meu carinho de filho para o papai Fabio.

Estou bem mãe, confia e aceita o que digo a você. Digo a Giovanna que a saudade da querida irmã é imensa, sei que ela me tem bem dentro do coração.

Agradeço a tia Luciana, tia Fabiana e a todos que me protegem com os melhores pensamentos e com a confiança que preciso por parte de todos.

Mãe beijos, você não me perdeu e eu sempre estarei junto de você. Me abençoe.

Meu abraço de filho e amigo ao papai Fabio, meu carinho a todos.

Amo você mãe.
Fábio Bueno Rinaldi Filho

Mensagem psicografada pelo médium Celso de Almeida Afonso, em reunião públiuca, na noite do dia 23 de maio de 2008, no "Centro Espírita Aurélio Agostinho", em Uberaba (MG). Clique na imagem para ver em destaque.

Esclarecimentos:

* Ana Paula e Fábio — Pais;
* Giovanna — Irmã;
* Vovó Alcy — Avó materna;
* Tia Luciana — Tia materna;
* Tia Fabiana — Tia materna;
* Vovô Eduardo — Avô materno;
* Vovó Mary — Avó paterna, desencarnada em 1961, que o Fábio nem chegou a conhecer.

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo