5 de out de 2011

CIÊNCIA ESPÍRITA : A REENCARNAÇÃO

Haraldsson passou duas décadas investigando reencarnação. Seu objeto de pesquisa são crianças que alegam terem recordações de uma vida passada. É o caso de Wael Kiman, um menino do Líbano.

A partir dos 4 anos, ele começou a dizer aos pais que seu nome, na verdade, era Rabin, que tinha sido adulto e que seus pais viviam na capital do país. Com o tempo, passou a acrescentar detalhes. Os pais da outra vida moravam numa casa perto do mar. que tinha uma varanda baixa, de onde ele costumava pular direto para a rua. Ele também tinha uma segunda casa. Mas para essa ele só podia ir de avião. Delírio? Parecia. Tempos depois, porém, os pais de Wael identificaram uma família da capital que havia perdido um filho adulto e que se chamava Rabin; então levaram o pequeno Wael para visitá-los. Durante a visita, ele apontou para uma foto do morto e disse que era sua. A casa ficava perto do porto, e tinha uma varanda baixinha. Para completar, o rapaz vivia nos EUA na época em que morreu. Ou seja: ia para sua segunda casa de... avião.

No simpósio, Haraldsson também contou a história de Tsushi-ta Silva, uma menina do Sri Lanka que afirmava que numa outra vida tinha morado numa cidade próxima, estava grávida e havia morrido ao cair de uma ponte. O pesquisador, então, visitou a tal cidade e localizou a família de uma certa Chandra Nanayakkara. que morrera ao cair de uma ponte nos anos 70. Chandra estava grávida de 7 meses.

Outro caso é o da garota Purnima Ekanawake, do Sri Lanka. Quando ela e a mãe presenciaram um acidente no trânsito, Purnima tentou tranqüilizá-la: "Não se preocupe com isso. Eu vim para você depois de um acidente também". Na vida passada, segundo ela, um ônibus a atropelara. Também disse que a antiga família fabricava incensos. Ek lembrava até da marca: Ambiga.

Os pais começaram a investigar e encontraram o dono dessa fábrica de incensos. Ele disse que seu cunhado Jinadasa tinha morrido atropelado por um ônibus. Quando levaram Purnima à casa do sujeito, ela, então com 6 anos, reconheceu o dono da fábrica como seu "cunhado". Purnima seria a reencarnacão de Jinadasa. A menina também mostrou uma marca de nascença. Disse que era onde os pneus do ônibus tinham passado.

Elendur Haraldsson, da Islândia
Haraldsson conheceu a garota em 1996, quando ela tinha 9 anos. Como de costume, ele entrevistou, separadamente, a garota, os familiares e os vizinhos para saber quando e como as lembranças apareceram. Investigou também se havia a possibilidade de a garota ter tido acesso àquelas informações por meios normais. Mas não existia qualquer ligação entre as famílias, e elas moravam em lugares distantes.

As evidências lhe pareceram fortes, sem armações. Haraldsson, então, investigou o acidente que matou Jinadasa. Com a permissão de um tribunal local, teve acesso ao obituário completo do rapaz. As principais fraturas foram localizadas no lado esquerdo do peito, com várias costelas quebradas, que penetraram os pulmões. A marca de nascença de Purnima fica no lado esquerdo do peito. O psicólogo islandês não tem uma teoria sobre as marcas de nascença. Mas outro pesquisador de reen-carnacões. o psiquiatra americano Jim Tucker, da Universidade da Virgínia, arrisca: "Sabemos, por meio de trabalhos de outras áreas, que imagens mentais podem, por vezes, produzir efeitos muito específicos no corpo. Meu pensamento é que, se a consciência sobrevive, ela carrega as imagens dos ferimentos fatais, afetando o desenvolvimento do feto", diz. De acordo com Tucker, na índia, um terço dos casos investigados de reencarnacão inclui marcas de nascença - em 18% deles, registros médicos amparam as semelhanças.

Desnecessário dizer que as pesquisas com reencarnacão são severamente criticadas pela academia. Não parece ser coincidência que a esmagadora maioria dos casos estudados ocorra em países onde a crença em reencarnacão é largamente disseminada, caso do Sri Lanka. Haraldsson, por exemplo, teve facilidade em encontrar casos por causa do apoio da mídia. Nos veículos de comunicação de lá, histórias de reencarnacão ganham espaço de destaque. E a visita de pesquisadores como Haraldsson também. Quem tiver uma história bem contada, então, tem chance de ficar famoso -- daí para surgirem fraudes elaboradas é um pulo. Também é comum que os pesquisadores só tenham acesso a histórias assim quando os pais da criança já "encontraram" a família da outra vida dela, como no caso de Purnima. Isso complica o processo de checagem das informações. É difícil identificar quais eram as afirmações originais do suposto reen-carnado e o que ele aprendeu sobre a pessoa falecida a partir do momento em que entrou em contato com a família dela.

Mais: por um lado. os informantes tendem a "esquecer" as afirmações da criança que não coincidem com a vida da pessoa que acreditam que ela foi. Por outro, colocam na boca dela informações que só foram obtidas depois, quando as duas famílias já estavam em contato.

Com tantas evidências contra, é difícil não acreditar que os pesquisadores de reencarnações, EQMs e afins se movam mais pela fé do que pela curiosidade científica. Mesmo assim, continua sendo uma forma de ciência, já que a busca é por resultados concretos. Se um dia eles vão chegar a esses resultados? Quem viver verá. E quem morrer também.

PARA SABER MAIS
Evidence of the Afterlife
Jeffrey Long, Harper One, 2011
What Hapens When You Die
Sam Parnia, Hay House, 2007

1 Comentário:

Anônimo disse...

COMSERTEZA EZIZTE UMA VIDA DEPOIS DESTA OU PODEMOS CHAMAR. DE UMA NOVA ESPERIENCIA TERRESTRE.EU NÃO ACREDITO QUE OS SERES HUMANOS SEJÃO APENAS CARNE POIS FOMOS FORMADOS PELO QUE CONHESEMOS APENAS POR SER UM ESPIRITO. POIS EU NUNCA VI DEUS PESSOAL MENTE ENEN CONHEÇO NINGUEM QUE TENHA VISTO EN CARNE E OSSO ; EMESMO ASSIM MUITOS ACREDITÃO QUE ELE REALMENTE ESISTE.DADOS QUE SAÕ PASSADOS APENAS POR ESCRITAS.EM UM LIVRO QUE CHAMÃO DE SAGRADO . PORQUE OS SERES HUMANOS NAÕ COMSEGUEM ACREDITAR QUE ESISTA REENCARNAÇÃO SE COMO DIZ AHISTORIA JESUS QUE SERIA OFILHO DE DEUS RESUSITOU DA MORTE PARA AVIDA. EU CREIO QUE ALGO MUITO FORTE REGE NÓSSO UNIVERSO. EQUE EN NO´SSAS PALAVRAZ EZISTE PODER E FORÇA ASIM COMO EM NÓSSOS PENSAMENTOS E EN NOSSOS ATOS POIS ATRAVEZ DE NÓSSOS PENSAMENTOS PODEMOS MUDAR NÓSSO CAMINHO AQUI NATERRA. ESSA´VIDA ENCARNE E FEITA DE ESCOLHAS. NINGUEM NASSE PARA SER MAL CREIO EU ISSO É UMA ESCOLHA DE CADA UM POIS SE QUIZERMOS PODEMOS SER BONS OU MAUS . MAIS SEMPRE. DE VEMOS SABER . QUE EN ALGUM TEMPO VAMOS TER QUE RESPONDER POR NO´SSOS ATOS. DE UMA MANEIRA OU DE OUTRA EU ACREDITO QUE MORREMOS E VOLTAMOS PARA ASERTAR OQUE FALTOU .EISSO NÃO ACABA ASIM APENAS COM UMA PASSAGEM PELA TERRA!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo