13 de mai de 2012

QUANDO VOCÊ SORRI ME SINTO TÃO BEM !

Imagem meramente ilustrativa
"Minha mãezinha querida!
Vim hoje aqui pra te trazer um pouco de paz e tranquilidade. Quero acalmar o seu coração.

Quanta coisa já aconteceu desde que voltei para casa (Nota: aqui ele se refere à casa espiritual).

Você sofreu muito e ainda sofre. Mas o que mais te faz mal é esse sentimento de mágoa, de culpa por ter me levado para aquele hospital. Você fez o que pode, tudo o que estava a seu alcance. Não se martirize. Eu vim mesmo pra ficar pouco tempo. Tínhamos feito esse pacto de almas, mas você não se lembra.

E mesmo difícil aceitar uma perda e difícil mais ainda entender que aceitamos e acordamos isso entre nós, antes de vir pra este mundo.

Eu sabia do meu pouco tempo e isso iria acontecer de qualquer forma, independente de querermos ou não. Ninguém teve culpa e muitas se culpam pela minha volta para casa. Você se revoltou contra os médicos, enfermeiros e até contra Deus, mas tudo saiu como combinado. Não foi só sua vida que mudou, a de quem se sente responsável pelo ocorrido também e tenta-se viver com isto até hoje.

Eu não sofri, mamãe. Quando a gente fica na Terra por pouco tempo, volta pra casa sem os sentimentos ruins, aqueles que maculam a alma. Sendo crianças, não tivemos tempo de sentir raiva, inveja, ganância... esses sentimentos mais comuns nos adultos.

Quando morri, fui recebido por pessoas muito boas que cuidaram até que eu entendesse o que tinha acontecido. Hoje já estou crescidinho, já estou na escola e até ajudo a tia Helena a receber outras crianças que voltam pra cá. A gente se sente bem e feliz. As dores que fizeram parte dos nossos dias na Terra não continuam do lado de cá. Temos lugares lindos para brincar. Tem muitas 'tias' cuidando e ensinando como as coisas são aqui.

Ah! Mãezinha. Eu queria tanto conversar e pedir pra você pensar em mim com alegria, sabendo que estou bem e feliz. Que você acredite que vou te esperar e vamos nos encontrar assim que você também voltar para cá.

Sinto quando você pensa em mim e rezo pra você esquecer a mágoa e deixar a tristeza de lado.

Eu sou e estou feliz, minha mãe, e quero que você seja também. Fui tão amado, você sofreu tanto quando parti, mas agora já é hora de você viver e de pensar em mim como um sonho bom.

Perdão por te fazer sofrer.
Mas eu te peço, mamãe, viva, seja feliz e eu serei também.

Fico triste quando você está triste. Mas quando você sorri e, por algum tempo, esquece o que aconteceu de ruim, eu me sinto tão bem,  e recebo toda a luz do teu sorriso iluminando minha vida.

Como será que você me chamaria hoje em dia? Teve tantas dúvidas quanto ao nome que me deu, mas eu gostei, viu. Eu sempre gostei do meu nome. As pessoas não entenderam bem e até perguntavam porquê , mas você falava meu nome com amor.

Hoje já brinco, estudo, corro pra todo lado, como qualquer criança de 8 anos. Tia Janete sempre reza comigo antes de dormir e eu peço por você toda noite.

Quando você está feliz, fica  mais fácil me aproximar e beijar seu rosto e passar as mãos nos teus cabelos.

Por favor mamãe, perdoe. Tire a mágoa do seu coração e não culpe ninguém pelo que seria de qualquer jeito.

Te amo muito e vou te amar sempre.
Estaremos sempre juntos, você e seu Gê.

Beijos muito carinhosos e que você possa ter uma vida de paz e alegria. Me tenha em seu coração e não na sua cabeça, pois é lá que eu quero ficar. Te amo. Fica com Deus."

Assinado :  Ge
Data : 08 de maio de 2012
Local :  Sorocaba ( SP )

Médium : S.A.O.G.

LEIA TAMBÉM : 

Recomecem sem a poeira da tristeza
A dor da mãe que perde um filho

3 Comentários:

Anônimo disse...

Perdi meu querido filho a 16 meses, as vezes penso que nada mais existe, não sei mais o q pensar, nem a quem recorrer, essa dor é insuportável, nós não mereciamos q isso acontecesse! O que fazer?

Anônimo disse...

Sim deve ser muito doloroso, tenho 3 filhos, mas se um deles me faltá-se, acho que não suportaria, mas ao mesmo tempo saberia que ele estaria junto com Jesus, pois nos acolhe com muito amor. basta querer ser amado por ele e acreditar

Anônimo disse...

Acredito que para uma mãe , não existe dor mais dolorida que a perda de um filho!! Mas precisa acreditar que nada acontece nessa vida sem a permissão de Deus e ele não atua em nossas vidas sem razão!!!. Infelizmente nós que vemos apenas pela ótica da vida material, não encontramos explicação lógica. Mas a vida é muito mais. Seu filho vive!!! Em algum lugar da vida espiritual ele vive!!! E assim ou quando for permitido pelos benfeitores espirituais poderá ter noticias dele atraves de mensagens, sonhos e mesmo intuitivamente. Leia livros espiritas que falam sobre o assunto, perdas de pessoas queridas ou algo assim... Tem muitos. Tenha fé e esperança que um dia se Deus quizer terá noticias dele!!! Enquanto isso, viva o melhor que puder, faça todo o bem que puder e prepare-se com saude e paz no coração para ter o melhor dele!!!

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo