30 de jul de 2012

CRIANÇAS CRESCIDAS

Imaginamos as nossas vidas à semelhança de uma criança em dia de festa de seu aniversário. Como se um dia de festa com bolos e convidados representassem bem o ano que se findou e aquele que vem adiante. E,  os balões com o seu colorido festivo representassem toda a nossa expectativa de felicidade.  Para a criança pouco importa os dias mais que advirão, mas sim o momento presente.

Para o homem comum, os fatos e a vida não mudaram muito de configuração. Pois, a vida para este, se faz apenas das comemorações festivas, como um símbolo da felicidade. Pouco se importando com os aprendizados realizados, as experiências e vivências que a vida lhe proporcionou, embora a tristeza e a melancolia tenham sido também suas companheiras. 

Também pouco importa o futuro se não for festivo. Pouco importa se os dias forem vividos sem o planejamento das horas, sem o planejamento dos ideais enobrecidos. O que se idealiza são os dias felizes. 

Esquecemos de pensar que a nossa passagem pela Terra é tão curta aos olhos da eternidade e de Deus, e como crianças atordoadas pelas fantasias exteriores nos distraímos dos nossos compromissos espirituais. 

A vida é uma passagem tão curta, mas, os dias são longos nos convidando a meditação e reformulação dos nossos ideais.

Em vão [amigos espirituais] clamamos a presença de muitos daqueles que se dizem espíritas ou cristãos, para que nos dediquemos [juntos] mais horas dos nossos dias a compreensão dos nossos deveres conosco e com o próximo.  Mas, as vossas horas são mais convidativas quando banhadas pela ociosidade que pelo labor. Sem compreenderem bem o valor do tempo, desprezam oportunidades enriquecedoras de evolução.

Não estamos vos censurando! Há os que se dedicam às horas com bom senso, experimentando-o, e as lições da rotina do trabalho e das horas do descanso, que muito merecidamente, devemos  usufruir. 

Referimo-nos aos compromissos que a própria consciência nos dita insistentemente, mas, nós quais crianças, deixamo-nos entusiasmar mais pela festa que propriamente pelos dias que lhe enlaçam. 

Que esperar dessas crianças crescidas? Que dizer quanto aos vossos sonhos e vossas ilusões? Será que assim pensando, não estarão se enganando?

A vida merece mais a nossa atenção. Merece mais planejamento. Merece mais que passá-la.

E não nos lastimemos se após essa longa jornada abeirada pelas comemorações e festividades que valorizamos em nossas horas, sentirmo-nos frustrados e entristecidos quando olharmo-nos no espelho de nossos lares e de nossa alma e nos perguntarmos:

— A que vim nesta vida?
E apenas soar a resposta:
 Eu ainda não sei...

Assinado: Sem Identificação
Data : 10 de julho de 2011
Local :  Casa da Prece - Sorocaba ( SP )
Médium : Maria do Carmo Pellegrini


Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

2leep.com

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo