14 de abr de 2015

MEUS DIAS SEM TI (Parte 4 - Um brinde)

Quando cheguei do crematório, peguei a garrafa de uísque mais cara da casa, servi naquele teu copo horroroso (aquele que eu xinguei no domingo e prometi substituir por um melhor na próxima visita — vou ficar devendo), sacudi pra ouvir o barulho das pedras de gelo tilintarem (esse — e o do teu assovio atravessado horroroso - vai ser sempre o teu som pra mim) e brindei a ti. Nunca achei que meu brinde contigo fosse ser substituído por um brinde a ti, com o copo e os olhos virados pro céu.

Tu ainda me paga.
A partir de Medium Brasil. Leia no original
Imagem : freeimages

Seja o primeiro a comentar ;)

Postar um comentário

Deixe aqui seu recado ou depoimento, de forma anônima se preferir. Respeitamos a sua opinião, por isto recusaremos apenas as mensagens ofensivas e eventuais propagandas. Volte sempre!

Artigos mais lidos

  ©PARTIDA E CHEGADA - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo