A DEUS OU AO NADA

“Dilacerou seu organismo !
A mente ou o coração.
Invocou a semente !
Do bem ou do mal !


Administrou sua essência pro bem ou pro mau !
Chamou seu interno e se entregou a Deus ou ao nada.
Queres o crescimento !
Apreendeu, da pureza ou nada de nada. Confuso.

Confuso estou eu,
perdido em prantos e pensamentos destoados, não formados.”

Assinado : Sem identificação
Data : Outubro de 2005.
Local : Sorocaba (SP)
Médium : A.B.

Postar um comentário

0 Comentários