É PRECISO AGIR


Primeiro levaram os negros,
Mas não me importei com isso.
Eu não era negro.

Em seguida levaram alguns operários,
Mas não me importei com isso.
Eu também não era operário.

Depois prenderam os miseráveis,
Mas não me importei com isso,
porque eu não sou miserável.

Depois agarraram alguns desempregados,
Mas como eu tenho um emprego,
também não me importei.

Agora...
Agora estão me levando.
Mas já é tarde.
Como eu não me importei com ninguém,
ninguém se importa comigo.

O poema é de Bertolt Brecht, dramaturgo e poeta alemão do século XX

Postar um comentário

0 Comentários