QUISERA


Quisera que antes eu entendesse o amor,
Quisera que antes eu entendesse melhor a vida,
Quisera que meus braços pudessem abraçar aos amores que deixei.
Quisera que hoje eu pudesse estar envolto ao círculo familiar que tanto amei.


Ao som da música serena [casa] recordei
Os dias banhados ao caldo quente e da boa prosa
Relembrei saudoso, os abraços apertados  da minha doce esposa.


Eu que pedi tanto a Deus
Essa oportunidade de escrever para minha família.
Demorou mas aconteceu,
Eis-me aqui chorando em prantos agradecido a Deus esse momento,  e dizer
Não chorem meus queridos, pois estou bem, ainda vivo, não morri...


Enterraram-me é claro. 
Mas, depois daquele mal estar em que me vi como que embriagado, mal tendo forças para me segurar, caí.
Chegou-me o pedido de socorro, da minha doce Alice (filha?)  mas foi em vão.
Tristemente chegou o meu fim...
Mas apenas para esta vida, porque em breve terei nova oportunidade de viver,Vou renascer em mesma família, se Deus o permitir.
E, em seus braços minha querida, um dia haverei de dormir.
Orem e esperem. 
Deixem o tempo passar
Pois quem sabe eu renasço nesse abençoado lar.
Assinado :  Antonio Luiz de Souza Queiroz
 ou Luiz Antonio de Souza Queiroz
Data : 16 de maio de 2012
Local :  Casa da Prece - Sorocaba ( SP )
Médium : Maria do Carmo Pellegrini

Postar um comentário

0 Comentários